Relatorio fisica circuito rc e rl

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1437 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório De

Física Experimental II



Os Circuitos RC e RL em Série


Sumário

1. Resumo............................................................................................................03
2. Objetivo...........................................................................................................03
3. IntroduçãoTeórica..........................................................................................04
4. Prática Experimental.......................................................................................05
5. Conclusões......................................................................................................08
6. ReferênciasBibliográficas..............................................................................08
Anexo 1: Gráfico [pic] para RC
Anexo 2: Gráfico [pic] para RL



























1. Resumo
Nesse experimento utilizamos o osciloscópio para medir freqüência e tensão, em seguida calculamos a corrente(I0) para plotar o gráfico I0 X [pic]. E também encontrarmos a corrente ficaz do circuito e a defasagem para cadafreqüência para os circuitos RC e RL.



2. Objetivo
• Analisar os ciruitos RC e RL;
• Plotar o gráfico para o circuito RC e RL;
• Definir corrente eficaz;










































3. Introdução Teórica

Quando fazemos análises em corrente alternada, o interessante é não pensarmos em carga e descarga docapacitor. Na verdade devemos pensar que o capacitor causará um adiantamento no sinal da corrente do circuito com relação ao sinal da fonte de alimentação. Em outras palavras, se olharmos esses sinais num osciloscópio, veremos que o sinal da corrente passa pelo zero antes do sinal da tensão.
À diferença entre as fases da tensão e da corrente pode expressar também a fase da impedância total docircuito.
A reatância capacitiva é expressa por [pic]. Observando essa expressão percebemos que Xc é inversamente proporcional à freqüência, ou seja, quanto maior f, menor será o Xc. Isso faz com que, ao aumentarmos a freqüência, o circuito se torne menos capacitivo. Se o circuito é menos capacitivo a defasagem entre corrente e tensão também será menor. Se por outro lado diminuirmos f, ocircuito se tornará mais capacitivo e a defasagem será maior.
Se analisarmos agora o comportamento da amplitude da corrente em função da freqüência perceberemos que ela tende a aumentar com o aumento da freqüência. Isso pode ser entendido se analisarmos o seguinte: o módulo da impedância total do circuito é dado por [pic]. Se com o aumento da freqüência Xc diminui, Zeq também diminuirá. Segundoa lei de ohm (U=R.I), que é valida para ondas senoidais, um Zeq menor permitirá, para uma tensão constante, a circulação de uma corrente de amplitude maior.


Circuito RL 
Na corrente alternada não vamos pensar em sua energização e tão pouco na sua desenergização. Na verdade vamos pensar que ao contrário do capacitor, o indutor causará um atraso no sinal da corrente do circuitocom relação ao sinal da fonte de alimentação. Em outras palavras, se olharmos esses sinais num osciloscópio, veremos que o sinal da tensão passa pelo zero antes do sinal da corrente.
A reatância indutiva é expressa por [pic]. Observando essa expressão percebemos que XL é diretamente proporcional à freqüência, ou seja, quanto maior f, maior será o XL. Isso faz com que ao aumentarmos afreqüência o circuito se torne mais indutivo. Quanto mais indutivo for o circuito, maior será a defasagem. Se por outro lado diminuirmos f, o circuito se tornará menos indutivo e conseqüentemente a defasagem será menor.
Com relação à amplitude da corrente, no circuito RL, ela tende a diminuir com o aumento da freqüência. O entendimento disso pode ser feito de maneira semelhante a analise que...
tracking img