Relatorio de quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1090 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO – UFMA
CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGICAS – CCET
DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA QUÍMICA
FISICO QUÍMICA 1
CURSO: ENGENHARIA QUIMICA
Prof.ª Núbia

RELATÓRIO RELATIVO À 3ª. NOTA – 2º. SEM/2013

CALOR DE DISSOLUÇÃO


Casi Santos / José Antônio



São Luis – MA
2013
CASI SANTOS
JOSÉ ANTÔNIO

RELATÓRIO RELATIVO À 2ª. NOTA – 2º. SEM/2012CALOR DE DISSOLUÇÃO
Relatório referente à prática disciplinar aplicada ao estudo de físico-química I, do curso de Engenharia Química da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com validade para terceira nota.
Prof.: Núbia

São Luís – MA
2013

1. OBJETIVOS

Determinar o calor de dissolução do ácido benzóico a partir das medidas de sua solubilidade em solução aquosa a diferentestemperaturas.

2. INTRODUÇÃO

Em referencia a uma solução sintetizada, composta por um soluto sólido e um solvente liquido o estado, a morfologia e algumas características físico-químicas começam a variar. Pouco a pouco, as moléculas do solvente reagem com o soluto, estas atacam a superfície do retículo cristalino desintegrando algumas partes do soluto e, vagarosamente vai dispersando-o até acompleta dissolução. O rendimento é equivalente a três forças, as quais facilitam ou dificultam a reação, tais forças envolvem fenômenos internos, sendo que o meio não tem uma interferência considerável. São elas as forças entre as partículas do soluto(soluto-soluto) analisadas antes da dissolução;as forças entre as partículas do solvente (solvente-solvente) que também é considerada antes dadissolução; e as forças formadas entre as partículas durante o processo de dissolução (soluto-solvente).
Quando uma solução está com um excesso de soluto, também chamado de corpo de fundo, considerando está uma solução saturada. Deduzimos que há maior concentração de soluto que não dissociou completamente; consideramos então que alguma partícula soluta não desintegrou completamente ou então o solvente nãoatacou de forma considerável.
O calor de solução é variação de entalpia indica que durante a dissolução de 1 mol de uma dada substancias numa determinada quantidade de solvente, resultando em uma concentração especifica. Determinamos esse calor, através de uma pressão constante, obtida pela equcação de Van’tHoff correspondida pela variação de temperatura com a taxa de variação da constante deequilíbrio, dado pela diferença de entalpia.
Consideramos abaixo a equação de Van’tHoff, que relaciona a temperatura, a pressão, a constante de equilíbrio:

(Equação 1)

Titulamos com o objetivo de determinar a quantidade de substancia de uma solução pela ação com outra espécie conhecida, tal processo é fundamental na química, pois ajuda a terminar a substancia de interesse substância deinteresse em qualquer determinação (denominamos de analito), através de uma espécie química com concentração definida (chamamos de titulante), que é, em geral, uma solução obtida a partir de um padrão primário. A solução a ter sua concentração determinada recebe o nome de titulado.
No processo de titulação Ácido-Base um ácido reage com uma base para que se atinja o ponto de equivalência. À medidaque é adicionado o titulante ao titulado, o pH da solução (titulante + titulado) vai variar, sendo possível construir um gráfico desta variação, ao qual se dá o nome de curva de titulação.

3. MATERIAIS E REAGENTES

* Ácido oxálico ou oxalato de sódio;
* Hidróxido de sódio;
* Acido Benzóico;
* Erlenmeyers;
* Pipeta volumétrica de 25mL;
* Pipetador;* Bureta de 50mL;
* Proveta de 100mL;
* Termômetros;
* Béquer de 1000mL;
* Termostato;
* Bastão de vidro;
* Balões volumétricos de 250 mL e 50 mL;
* Fenolftaleína;

4. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Colocou-se 1g de ácido benzóico em um dos erlenmeyers.ou-se100mL de água destilada e quente, em torno de 70°C. Mergulhou-se o erlenmeyers...
tracking img