Relatorio de mru

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1005 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA AGROALIMENTAR
UNIDADE ACADÊMICA DE AGRONOMIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS
CAMPUS DE POMBAL-PB







MOVIMENTO RETILÍNEO UNIFORME
ANA PRYSCYLA VIEIRA TELMO








Prof. José Roberto






Pombal/PB
Março de 2010.
Introdução

Movimentos que possuem velocidade escalar instantânea constante(não nula) são chamados movimentos uniformes. Então, se a velocidade escalar é a mesma em todos os instantes, ela coincide com a velocidade escalar média, qualquer que seja o intervalo de tempo considerado:


[pic]


Daí decorre que, no movimento uniforme, o móvel percorre distâncias iguais em intervalos de tempo iguais.


O movimento retilíneo uniforme pode ser dividido em progressivo eretrógrado, sendo que no movimento progressivo, o móvel caminha a favor da orientação da trajetória, seus espaços crescem no decurso do tempo e sua velocidade escalar é positiva. Já no movimento retrógrado, o móvel caminha contra a orientação da trajetória, seus espaços decrescem no decurso do tempo e sua velocidade escalar é negativa.


movimento progressivo: v > 0





movimentoretrógrado: v < 0





[pic]


 








Objetivos

Analisar a partir dos dados experimentais o movimento do móvel, a sua velocidade média e construir um gráfico da variação da posição em função do tempo.






























Metodologia

Materiais Utilizados:

Trilho de ar:

O trilho de ar era, especificamente, a trajetória do carrinho. Otrilho, contem orifícios na sua parte superior, onde uma “bomba de ar”, acoplada a uma de suas extremidades libera ar, ajudando na suspensão do “carrinho”, que movimenta - se sem atrito considerável. Na outra extremidade, um disparador compõe o conjunto, havendo também uma trena (ver item seguinte) que ajuda na obtenção dos resultados do deslocamento.

Cronômetro:

O cronômetro utilizado paradeterminação do tempo decorrido entre a origem da trajetória e os pontos determinados, durante o movimento, é digital com duas portas fotoelétricas.

Sensores:

As fotocélulas são sensores, nos quais quando o carrinho intercepta o feixe de lazer, a contagem do cronômetro, que inicia - se automaticamente no disparo, é interrompida determinando assim o tempo na casa de milisegundos.

TrenaGraduada:

Utilizada na obtenção dos valores referentes às distancias entre dois pontos sobre o trilho de ar, tais como comprimento do “carrinho”, espaço entre as fotocélulas e comprimento total do sistema. Graduada em cm (centímetros), estava acoplada ao trilho de ar, com faixa de operação de 0 a 200 cm.





Métodos:

Inicialmente o trilho foi nivelado através de parafusos existentes nospés do mesmo, para que a componente não - equilibrada do peso não atrapalhe na movimentação do corpo. O carrinho foi liberado em repouso no centro do trilho, após a estabilização da corrente de ar. Quando ele não mais se movia o trilho estava calibrado idealmente.
Feito o ajuste, liga - se a “bomba de ar”, em sua potencia máxima, fazendo com que o carrinho de plástico permanecesse suspenso sob otrilho.
As portas fotoelétricas foram alocadas de acordo com o roteiro do experimento, tomando por origem a extremidade do “carrinho”, (ver Tabela 2) a uma distância de aproximadamente 0,50 cm, 0,65, 0,80 cm, 0,95 cm da origem. Para cada valor destes foram efetuadas três medidas de tempo e ao final do processo os valores de deslocamento foram novamente aferidos.
Acionado o disparador, oscronômetros, que estavam devidamente zerados, começavam a contagem do tempo ate que a porta fotoelétrica fosse acionada e parasse a contagem em uma determinada marca. O móvel foi impulsionado por uma força de 0,2N. Em cada valor de tempo percorrido anotavam-se os números na tabela fornecidos pelo professor (ver Tabela 2). A velocidade v com que o corpo era ejetado se mantinha praticamente constante,...
tracking img