Relatorio de laboratorio de engenharia quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3847 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal de São João Del Rei- CAP Engenharia Química - 9º período

Coluna de Destilação Contínua de Pratos Perfurados
Laboratório de Engenharia Química III

Ouro Branco, Maio de 2012


Destilação; Utilização; Desvantagem; Lei de Dalton; Lei de Raoult; Lei de Henry; Volatilidade Relativa; Torre de Recheio; Torre de Pratos; Tipos de destilação: Flash, Diferencial, Fracionada;Balanço de Massa e Energia; Aula Prática: Procedimento, Objetivo; McCabe Thiele.

2

Destilação


A destilação é um processo de separação física de uma mistura em
dois ou mais produtos que têm diferentes pontos de ebulição, através da evaporação dos componentes mais voláteis, retirando-os da mistura [1];



A destilação é um método para a separação de componentes de

uma solução.Ela depende da distribuição de substâncias entre a fase
vapor e a fase líquida, e aplica-se aos casos em que todos os componentes estão presentes em ambas as fases. Em vez de

introduzir uma nova substância na mistura para se obter a segunda
fase (como na absorção ou desorção de um gás) a nova fase é criada através da evaporação ou condensação da solução original [2].
[1] KISTER, H.Z.Destillation Design. 1ª Edição. New York: McGraw-Hill, 1992, 777p. [2] TREYBAL, R.E. Operaciones de transferencia de masa. 2ª Edição. Buenos Aires: McGraw-Hill, 1991 ,862p. 3

Destilação


Na destilação, uma fase vapor é colocada em contato com uma fase líquida, transferido-se massa do líquido para o vapor (evaporação) e do vapor para o líquido (condensação). Geralmente, os componentes

presentesnas fase líquida e vapor são os mesmos, mas em proporções
diferentes [3];


A temperatura do fluido é sua temperatura de bolha, enquanto que o vapor em equilíbrio encontra-se no sua temperatura de orvalho [3];



Na destilação, pode-se afirmar que o agente de separação é o calor,

pois o vapor formado tem composição diferente da mistura original [3].

[3] FOUST, A. S.; WENZEL, L. A.;CLUMP, C. W.; MAUS, L.; ANDERSEN, L. B. Princípios das Operações Unitárias. 2ª Edição. Rio de Janeiro: 4 LTC, 1982, 670p.

Utilização


O processo de destilação é muito utilizado em toda a indústria química [3,5]: ◦ na obtenção de álcool retificado de uma mistura de fermentação; ◦ na indústria petrolífera para a separação das frações contidas no petróleo bruto; ◦ na indústria petroquímica,para a separação de frações da nafta petroquímica;

◦ na produção do oxigênio puro utilizado na produção de aço, em aplicações
espaciais e medicinal.


No processamento, a demanda para produtos mais puros, juntamente com a necessidade de maior eficiência, tem promovido contínua investigação sobre as técnicas de destilação [4].

[3] FOUST, A. S.; WENZEL, L. A.; CLUMP, C. W.; MAUS, L.;ANDERSEN, L. B. Princípios das Operações Unitárias. 2ª Edição. Rio de Janeiro: LTC, 1982, 670p. [4] COULSON, J.M.; RICHARDSON, J.F.; BACKHURST, J.R.; HARKER, J.H. Chemical Engineering Volume I1 – Particle Technology & Separation Processes. 5ª Edição. Oxford: Butterworth Heinemann, 2002, 1209p. 5 [5] MCCABE, W.L.; SMITH, J.C.; HARRIOTT, P. Unit Operations of Chemical Engineering. 5ª edição, Singapura:McGraw-Hill, 1993. 1154p.

Desvantagens


A destilação é o método mais utilizado para a separação de misturas líquidas em seus vários componentes, exceto [1,4]:

◦ a diferença de volatilidade entre os componentes é pequena;
◦ uma pequena quantidade do componente de alto ponto de ebulição é para ser recuperada à partir da alimentação. A destilação requer que

toda a alimentação sejavaporizada para a recuperação desta pequena
quantidade; ◦ um composto é termicamente instável mesmo em condições de vácuo;

◦ a mistura é extremamente corrosiva ou altamente sujeita a
incrustações.
[1] KISTER, H.Z. Destillation Design. 1ª Edição. New York: McGraw-Hill, 1992, 777p. [4] COULSON, J.M.; RICHARDSON, J.F.; BACKHURST, J.R.; HARKER, J.H. Chemical Engineering Volume I1 – Particle...
tracking img