Regras de ortografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2737 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TÓPICO 01
TÓPICO | CONTEÚDO | FORMA DE APRESENTAÇÃO(página web) |
1 | * Ortografia (I) – leitura prévia | * Texto |
TÓPICO 1 — LEITURA PRÉVIA 1
RESUMO: ORTOGRAFIA I
A ORTOGRAFIA
A ortografia é a parte da Gramática que se ocupa da correção na escrita das palavras. Trata-se de um tópico essencialmente prescritivo, ou seja, é uma área doconhecimento cuja preocupação central é fixar padrões de correção para a grafia das palavras. O sistema ortográfico adotado no Brasil obedece a uma combinação de critérios etimológicos (ligados à origem das palavras) e fonológicos (ligados aos fonemas representados).
É necessário aceitar-se que a ortografia é fruto de uma convenção. A maneira degrafar as palavras é resultado de acordos ortográficos entre os diversos países que adotam a língua portuguesa como língua oficial. Escrever corretamente uma palavra significa, portanto, ajustar-se a um padrão regulado por lei. As dúvidas quanto à correção devem ser sanadas por meio da consulta a dicionários e publicações oficiais ou especializadas.O ALFABETO
O alfabeto ou abecedário da nossa língua é formado por vinte e seis letras (A / B / C / D / E / F / G / H / I / J / K / L / M / N / O / P / Q / R / S / T / U / V / W / X / Y / Z).

ORIENTAÇÕES ORTOGRÁFICAS
Acompetência para grafar corretamente as palavras está diretamente ligada ao contato íntimo com essas mesmas palavras. Isso significa que a freqüência do uso é que acaba trazendo a memorização da grafia correta. Além disso, deve-se criar o hábito de esclarecer as dúvidas com as necessárias consultas ao dicionário. Trata-se de um processo constante, que produz resultados a longo prazo.Existem algumas orientações gerais que podem ser úteis e que devem constituir material de consulta para as atividades escritas que você desenvolver. Vamos a elas.

NOÇÕES PRELIMINARES
Entre os sons das palavras etambém entre as letras que os representam podem ocorrer coincidências. Isso acontece quando duas (às vezes três) palavras apresentam identidade total ou parcial na escrita e na fala.
* cedo(advérbio) e cedo (forma do verbo ceder) apresentam a mesma grafia e a mesma pronúncia. São palavras homônimas;
*acordo (substantivo) e acordo (forma do verbo acordar)
possuem a mesma grafia mas pronúncia diferente. São palavras homógrafas;
* cela (substantivo) e sela (forma do verbo selar) possuem a mesma pronúncia mas grafia diferente. São palavras homófonas.Há situações em que as palavras têm grafias ou pronúncias semelhantes. São chamadas parônimas, e costumam provocar problemas de correção no emprego. É o caso, por exemplo, de pares como infligir / infringir, retificar / ratificar, eminente / iminente.ALGUNS FONEMAS E ALGUMAS LETRAS
A relação entre os fonemas e as letras não é de correspondência exata e permanente. Como a ortografia se baseia também na etimologia das palavras, acontecem problemas que já conhecemos, como, por exemplo, a existência de formas divergentes de grafar um mesmo fonema. Estudaremos alguns desses problemas a partir de...
tracking img