Referencias eticas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Relações Éticas

Ética e convivência humana

Falar de ética é falar de convivência humana. São os problemas da convivência humana que geram a necessidade da ética. Há necessidade de ética porque os seres humanos não vivem isola-dos; e os seres humanos convivem não por escolha, mas por sua constituição vital. Há necessi-dade de ética porque há o outro ser humano.
Mas o outro, para a ética,não é apenas o outro imediato, próximo, com quem convivo, ou com quem casualmente me deparo. O outro está presente também no futuro (temporalidade) e está pre¬sente em qualquer lugar, mesmo que distante (espacialidade).
O princípio fundamental da ética é este: o outro é um sujeito de direitos e a sua vida deve ser tão digna quanto a minha deve ser. O fundamento dos direitos e da dignidade dooutro é a sua pró¬pria vida e a sua liberdade (possibilidade) de viver plenamente. As obrigações éticas da convivência humana devem regular-se não apenas por aquilo que já temos, já realizámos, já somos, mas também por tudo aquilo que poderemos vir a ter, a realizar, a ser. As nossas possibi-lidades de ser são parte de nossos direitos e de nossos deveres. São parte da ética da convivência.
Aatitude ética é uma atitude de amor pela humanidade.

Ética e justiça social

A moral tradicional do liberalismo económico e político habituou-nos a pensar que o campo da ética é o campo exclusivo das vontades e do livre arbítrio de cada indivíduo. Também nessa tra-di¬ção, a organização do sistema económico-político-jurídico seria uma coisa "neutra", "natural", e não uma construção consciente edeliberada dos homens em sociedade. Por isso, habituamo-nos a julgar que “não é parte da minha responsabilidade ética a situação do desempregado, do faminto, do imi¬grante, do fracassado na escola..., só porque esses males não foram produzidos por mim directa¬mente”.
Um sistema económico-político-jurídico que produz estruturalmente desigualdades, injusti-ças, discriminações e exclusões de direitos,é um sistema eticamente mau, por mais que seja legalmente (moralmente) constituído. Consequentemente, o facto de existirem injustiças sociais obriga-nos (a todos) eticamente a agir de modo a contribuir para a sua eliminação.

Ética e sistema económico

O sistema económico é o factor mais determinante de toda a ordem (e desordem) social. É o princi¬pal gerador tanto dos problemas, como dassoluções éticas. O fato de o sistema económico parecer ter vida própria, independente da vontade dos homens, contribui para ofuscar a respon-sabilidade ética dos que estão no seu comando. O sistema económico mundial, do ponto de vista dos que o comandam, é uma vasta e complexa rede de hábitos consentidos e de compromissos reciprocamente assumidos, o que faz parecer que sua responsabilidade éticaindividual não exista.
A globalização (falsa universalidade) do sistema económico cria a ilusão de que ele seja legí-timo. As multidões crescentes de desempregados, famintos e excluídos, entretanto, são a demons¬tração dessa ilusão. A moral dominante do sistema económico diz que, pelo trabalho, qualquer indi¬víduo pode ter acesso à riqueza. A crítica económica diz que a reprodução da misé-riaeconómica é estrutural. A ética diz que, sendo assim, exigem-se transformações radicais e globais na estrutura do sistema económico.



Ética e meio ambiente

A voracidade predatória do sistema económico vigente olha a Natureza tão somente como uma fonte de matérias-primas para a produção de mercadorias. Com isso a Natureza torna-se ela pró-pria uma mercadoria.
O trabalho é a acção humana quetransforma a Natureza para o Homem. Mas para que o tra-ba¬lho cumpra essa finalidade de sustentar e humanizar o Homem, deve realizar-se de modo auto-sus¬tentável para a Natureza e para o Homem. A voracidade predatória de nosso sistema econó-mico está rompendo perigosamente o equilíbrio da auto-sustentabilidade entre a Natureza e o Homem. Este é um dos problemas éticos mais radicais da nossa...
tracking img