Redes telefonia celular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3769 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ
BACHARELADO EM SISTEMA DA INFORMAÇÃO

Anderson Frederick, Douglas Soares, Fábio Dourado, Ighor Honorato

REDES DE CELULARES

Recife
2012

Anderson Frederick, Douglas Soares, Fábio Dourado, Ighor Honorato

REDES DE CELULARES

Trabalho apresentado à Faculdade Estácio de Sá como requisito parcial à obtenção do título de bacharel em Sistema da Informação.Orientador: Djain Marciel.

Recife
2012

01 | Introdução | Pag. 1 |
02 | | Pag. 2 |
03 | | |
04 | | |
05 | | |
06 | | |
07 | | |
08 | | |
| | |
| | |

1. Surgimento de telefonia celular
A rede de telefonia celular é uma rede de telecomunicações projetada para o provisionamento de serviços de telefonia móvel, ou seja, para a comunicação entre uma oumais estações móveis (telefone celular no Brasil ou telemóvel em Portugal). Historicamente, em 1990 a cidade do Rio de Janeiro é a primeira no Brasil a operar comercialmente o serviço de telefonia móvel celular. No caso brasileiro, ocorreram duas fases distintas da expansão do serviço móvel celular:
* Primeira Fase: início dos anos 90 ocorreu à expansão para suprir a demanda reprimida pelosserviços de telefonia fixa.
* Na segunda fase: a partir do final da década de 90, o crescimento se deu pela forte popularização deste serviço através do modo pré-pago, no qual um assinante não pago pela assinatura básica do serviço e sim pelo tempo de uso na forma de créditos de minutos de conversação.
2. Elementos da Rede de Telefonia Celular
Telefone celular ou telemóvel : do termo originalem inglês cell phone (cellular telephone ou mobile) é uma estação móvel que funciona através de um sistema de comunicação sem fio. As tecnologias, pra esta comunicação sem fio, podem ser classificadas em gerações. Na 1ª geração a comunicação usava o sistema analógico, trafegando somente voz. A partir da 2ª geração, a comunicação é digital, permitindo voz e dados.
2.1 Primeira GeraçãoAMPS (Advanced Mobile Phone Service) - Tecnologia analógica da primeira geração, desenvolvida pelos Laboratórios Bell da AT&T no início dos anos 80, que só permite transmissão de voz. Opera na faixa dos 800 MHz e, segundo o Relatório Anual de 2006 da Anatel, possui apenas 61.462 acessos, o que equivale a 0,06% do total de acessos de todo o Brasil.
De Acordo com lei aprovada pela Anatel, asoperadoras que trabalham com a tecnologia AMPS no Brasil, tinham até o dia 31/6/2008, para efetuar a desativação obrigatória das redes AMPS, cujo espectro após isso, será utilizado em outras tecnologias nas mesmas operadoras (tal como extensão de espectro para o 3G HSDPA).
2.2 Segunda Geração 2G
Da necessidade de sistemas digitais com maior capacidade, surgiram as tecnologias de segunda geração,que trazem as seguintes vantagens sobre os analógicos: codificação digital de voz mais poderosas, maior eficiência espectral, melhor qualidade de voz, facilidade a comunicação de dados e a criptografia. Nessa geração, começam a se formar dois grandes grupos evolutivos: o CDMA e o GSM.
TDMA vem do inglês Time Division Multiple Access, que quer dizer "Acesso Múltiplo por Divisão de Tempo". O TDMAé um sistema de celular digital que funciona dividindo um canal de frequência em até três intervalos de tempo distintos. Cada usuário ocupa um espaço de tempo específico na transmissão, o que impede problemas de interferência.
Os sistemas celulares de segunda geração como o IS 54, IS 136 e o GSM utilizam o TDMA na sua interface com a estação móvel.
Um dos padrões de comunicação de voz via ondasde rádio, utilizado por operadoras nos serviços de telefonia celular digital, baseado em TDM. Consiste na divisão de cada canal celular em três períodos de tempo para aumentar a quantidade de dados que pode ser transmitida. Cada canal TDMA americano tem a mesma largura de banda dos canais AMPS, 30 KHz, e é usado por três assinantes. O sinal digitalizado de cada assinante, de 64 Kbps, é...
tracking img