Recursos fisioterapeuticos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 50 (12437 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A realização do trabalho aqui apresentado teve por objetivo a aquisição de conhecimento acerca dos recursos utilizados pelos fisioterapeutas.
De acordo com os objetivos traçados, as abordagens feitas ao longo do trabalho apresentam uma divisão facilitada da compreensão do que foi proposto. O primeiro capítulo apresenta a cinesioterapia, seu efeito fisiológico,indicações e contra indicações.
O segundo capitulo explicita a mecanoterapia, que consiste em exercícios de cinesioterapia, mas com o uso de aparelhos mecânicos, suas indicações, contra indicações, efeitos fisiológicos e os principais aparelhos utilizados.
No terceiro capitulo o recurso fisioterapeutico abordado é a massoterapia, seus efeitos fisiológicos e as varias formas de utilização damesma.
O quarto capítulo é dedicado hidroterapia, seus diversos benefícios e suas curiosas e eficientes técnicas.
Já no quinto capítulo, o foco é a eletro e a fototerapia, recursos que fogem um pouco do trabalho do fisioterapeuta, por tratar de doenças da pele, mas também engloba o trabalho do mesmo.
Por fim, o sexto capítulo, refere-se à termoterapia, terapia que usa o calor ouo frio em seu beneficio.
Reforça-se através de toda a pesquisa realizada que primordialmente teve-se por objetivo o conhecimento dos recursos utilizados pelos fisioterapeutas, que no futuro, será por nós realizados.

1. CINESIOTERAPIA

Do grego kínesis, movimento e therapeia, terapia.
A cinesioterapia é, etimologicamente, a “arte de curar que utiliza todas as técnicas domovimento”. Ela faz parte de um conjunto (denominado fisioterapia) de terapias que emprega diversos agentes físicos (água, eletricidade, ondas, calor) e que se completam mutuamente conforme a doença a tratar. A cinesioterapia cujo campo de ação se ampliou bastante nos últimos anos dirige-se a um grande numero de doenças, afecções, deficiências gerais ou específicas e às suas seqüelas.
Ocineoterapeuta precisa, após tomar conhecimento do diagnóstico e faz indicações médicas, executar um exame clínico do paciente. Esse exame,não terá finalidades diagnósticas, mas, por meio desse, é possível um melhor conhecimento do paciente e de sua doença, podendo assim estabelecer modalidades exatas e melhor adaptadas ao tratamento. Em seguida, o cinesioterapeuta poderá controlar e comparar osprogressos do paciente.

1.1 EXAME CLINICO

O exame clínico compreende três grandes partes
1.1.1 Exame analítico
Estudo da posição das diferentes partes do corpo em relação ao planos ântero-posterior, lateral e horizontal. A medida do comprimento dos membros poderá evidenciar certas deformações ortopédicas e suas causas. Para completar o exame, o especialista deverá tomarconhecimento das radiografias e de seu protocolo.
Dentro do exame analítico, incluem-se: o exame da musculatura; o exame articular; o exame dos problemas tróficos e o exame respiratório.
1.1.2 Exame funcional
Consistirá em observar e questionar o paciente sobre a dificuldade de se mover: marcha, equilíbrio; a dificuldade nas atividades da vida diária e, as dificuldades na vidaprofissional.
1.1.3 Exame subjetivo
Fundar-se-á no exame e pesquisa do local, da intensidade, do momento da aparição e do ritmo da dor. Em caso de danos neurológicos, pesquisar a sensibilidade cutânea e dor. Observação das reações psicológicas do paciente e da repercussão psíquica da sua doença e seu tratamento.

1.2 RECURSOS BÁSICOS

Apesar do aparecimento de inúmeras técnicasespeciais, existem técnicas base, as quais são imprescindíveis, pois sendo muitas manuais, o que permite ao cinesioterapeuta a melhor abordagem do paciente.
1.2.1 Massagem
“Manipulação dos tecidos moles com uma finalidade terapêutica, higiênica e esportiva” (H. e E. Kamenetz), a massagem fará parte integrante e indispensável da cinesioterapia, preparando ou completando uma...
tracking img