Recursos fisioterapeuticos na ortopedia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1186 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RECURSOS FISIOTERAPÊUTICOS
São utilizados na Traumato-ortopédica recursos eletrotermofototerápicos, terapia manual e cinesioterapia na reabilitação dos pacientes. Dentre os recursos eletrotermofototerápicos utilizados temos: TENS (estimulação elétrica transcutânea),FES(estimulação elétrica funcional) EENM (estimulação elétrica neuromuscular), laser, ondas curtas, infravermelho, ultra-som. Naterapia manual são utilizadas técnicas de mobilização e manipulação articular de Maitland, Mulligan, Kaltenborn, com o intuito de diminuir algias, rigidez e reposicionamento do segmento.
Para completa reabilitação na Traumato-ortopédica são utilizados os exercícios cinésioterápicos com o intuito de melhor a amplitude de movimento, aumentar força muscular, treinar propriocepção e por fim retornoàs atividades.
Cinesioterapia: A cinesioterapia quer dizer o seguinte: cinesio = movimento, sendo assim entendida como a terapia pelo movimento. A cinesioterapia usa os movimentos naturais do corpo para a recuperação funcional das patologias osteoarticulares e músculo-esqueléticas a fim de restaurar o movimento natural e homeostasia corporal.
TENS:
Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea é ométodo de estimulação dos nervosos periféricos através de eletrodos acoplados à pele com fins terapêuticos. É uma corrente analgésica, ela atua nos sistemas modulares da dor, aumentando sua tolerância à dor causando uma analgesia. Segundo o Doutor Rinaldo Guirro , a estimulação elétrica nervosa transcutânea é um valioso recurso físico para o alívio somático da dor , seja ela proveniente de lesõesagudas ou mesmo decorrentes de processos crônicos.
FES: A técnica FES, estimulação elétrica funcional tem como base a produção da contração através da estimulação elétrica, que despolariza o motoneurônio, produzindo uma resposta sincrônica em todas as unidades motoras do músculo. Este sincronismo promove uma contração eficiente, mas é necessário treinamento específico, a fim de evitar a fadigaprecoce que impediria a utilização funcional do método com o objetivo reabilitacionais.
FES é, portanto, uma corrente excito motora de baixa freqüência (10 a 1000 Hz), despolarizada, com pulsos quadráticos bifásicos, que visa promover uma contração muscular. Amplamente utilizado quando a meta do tratamento é favorecer ou produzir movimento funcional. Além disso, é utilizado para manutenção dotrofismo muscular em pacientes com déficit de força, quando não é possível a realização de movimentos cinesioterápicos.
EENM: A estimulação elétrica neuromuscular (EENM) é uma técnica de ativação neural, objetivando a obtenção de contrações musculares mediante a utilização de baixos níveis de corrente. A adoção desta técnica não espera, à princípio, o retorno da função neurológica,mas simfornecer um meio de restauração artificial da função motora.A ativação controlada das fibras nervosas que inervam grupos de músculos específicos, em uma seqüência tempo-espacial adequada, pode ser utilizada para a geração de padrões funcionais de preensão, contribuindo para a reintegração dos membros superiores na realização de atividades comuns do cotidiano
Laser: O laser é basicamente uma luz emfeixe, formada por um feixe de fótons de mesma freqüência em coluna, com comprimento de onda em fase. Este feixe pode ser simples ou múltiplo; seu comprimento de onda é dado em nanômetros e varia de acordo com o tipo de fóton transmitido. O laser, assim como a luz difusa, pode causar fenômenos fototérmicos, quando formado por luz vermelha ou infravermelha, e fotoquímicos, quando de luz ultravioleta.Existem vários tipos de laser e o usado para a Fisioterapia é o de baixa energia e é classificada como terapia luminosa focal intensa não térmica, ou seja, não causa aquecimento do tecido, não sendo uma modalidade de termoterapia. O laser é uma radiação eletromagnética não ionizante.A intensidade das reações biológicas vai depender da interação entre o tecido a ser tratado e o tipo de laser...
tracking img