Ranicultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4770 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A ranicultura
A ranicultura pode ser definida como a criação racional de rãs através da utilização de técnicas específicas, com o objetivo principal de produzir carne de rã, muito apreciada em razão do seu delicado sabor e também por tratar-se de uma carne com baixíssimo teor de gordura (0,33 gramas de lipídeos/100 gramas de carne), sendo indicada para pessoas doentes e crianças comproblemas de alergias gastro-intestinais. Trata-se de um ramo da agropecuária nacional, que nos últimos anos apresentou um desenvolvimento extraordinário em função dos resultados das pesquisas que vêm sendo desenvolvidas. | |
| |
Os Cuidados
Em geral as rãs são animais bastante resistentes a quando criadas com o emprego das técnicas recomendadas, dificilmente ficamdoentes. Pode-se dizer que o aparecimento de doenças nos ranários derivam do manejo incorreto dos animais e a introdução de agentes patogênicos.
Entende-se por manejo incorreto a má alimentação dos animais, instalações e condições ambientais inadequadas e manuseio incorreto. Esses fatores agindo em conjunto ou separadamente causam stress nos animais diminuindo as suas defesas naturais,tornando-os mais suscetíveis às doenças. A introdução de agentes patogênicos nos ranários pode se dar através de animais de origem desconhecida ou através dos próprios funcionários ou visitantes. 
A ocorrência de doenças pode ser evitada tomando-se os seguintes cuidados: - Alimentar os animais corretamente, tanto sob e aspecto quantitativo como qualitativo; 
- Criar os animais em ambienteadequado, controlando a qualidade da água, verificando se as instalações estão bem acabadas (ausência de cantos vivos, piso muito áspero, etc), realizando periodicamente a limpeza a higienização dos tanques, retirando sobras de ração, uti1izando as densidades recomendadas e observando se a temperatura ambiente está dentro dos limites recomendados. 
- Manusear os animais com cuidada, fazendo osserviços com calma para não assusta-los, evitar golpes bruscos ou amontoá-los em numero excessivo em recipientes; 
- Para introduzir novos animais no ranário, deixa-los de quarentena a fim da ver ficar se realmente estão sadios. 
- Utilizar um pedilúvio na entrada do ranário e conscientizar os funcionários que nele trabalham, da importância de se adotar todas as medidas possíveis para se alcançar umbom padrão de higiene. 

Assepsia 

Com relação à limpeza das instalações o que usualmente se faz é esgotar as piscinas e com auxilio de vassouras ou escovas retirar todas as sujeiras e em seguida enxaguar com bastante água, fazendo-se a mesma com o piso quando se tratar da tanques de engorda. Para o caso do aparecimento de alguma doença, deve-se realizar uma desinfecção geralcom o emprego de substâncias como cloro, cal, sal grosso (salmoura) ou ainda utilizar a vassoura de fogo (maçarico). 
Os animais doentes devem ser separados e tratados e mentidos em observação. Os animais mortos devem ser removidos, incinerados ou enterrados em local apropriado. O tratamento de doenças, com a utilização de medicamentos, requer a orientação de um técnico capacitado e nem sempre éeficiente, além de ser muito caro

Local Instalação

Na escolha do local de construção e instalação de um ranário, deverão ser observado alguns fatores: 
Água :
A quantidade, qualidade e condição são indispensáveis para o êxito da criação de rãs. Deve-se observar os seguintes aspectos: 
- Qualidades físico-químicas da água: o pH deve encontrar-se entre 6,5 e 8, sendo o ideal 7,O; Oxigêniodissolvido de 6 a 8 mg por litro de água; Teor de cálcio próximo a 20 mg por litro; Temperatura ideal entre 25ºC e 30ºC. Evitar água excessivamente turva, com excesso da matéria orgânica e alimento em suspensão, ou salobra. 
- Nascentes: deve dar-se preferência a este tipo de fonte de água, ainda mais se estiver situada na propriedade, pois assim tem-se total controle sobre a qualidade da mesma....
tracking img