Rampas e telhados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2270 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Rampas

1. Definições
É um plano inclinado usada para circulação e permitir fácil comunicação entre dois pisos situados em níveis diferentes;deve ser previsto patamar de descanso em condições semelhantes às da escada. Quando se destina ao uso de pedestre, a rampa ideal seria a de 8% de inclinação.
As rampas são pouco utilizadas em residências, mas largamente aplicadas em edifícios deapartamentos,escolas, hospitais e edifícios comerciais, etc; onde a circulação interna justifica sua utilização.
As rampas não podem terminar em degraus ou soleiras, devendo ser precedidas e sucedidas sempre por patamares planos; com comprimento mínimo de 1,10m no sentido do trânsito. Não é permitido a colocação de portas em rampas; estas devem estar situadas sempre em patamares planos, com largura nãoinferior à da folha da porta do lado do vão.
O piso das rampas devem ser antiderrapante. As rampas devem ser dotadas de guarda - corpo e corrimão, análoga às da escada.

[pic]
[pic]






[pic]



2. Dimensionamento
A inclinação das rampas, deve ser calculada segundo a seguinte equação:
i = h x 100
c
onde:
i é a inclinação, em porcentagem;
h é a altura do desnível;
cé o comprimento da projeção horizontal.


2.1. Tabela para dimensionamento de rampas
As rampas devem ter inclinação de acordo com os limites estabelecidos na tabela a seguir. Para inclinação entre 6,25% e 8,33% devem ser previstas áreas de descanso nos patamares, a cada 50 m de percurso.






[pic]


[pic]

2.2. Tabela para dimensionamento de rampas para situaçõesExcepcionais.
Em reformas, quando esgotadas as possibilidades de soluções que atendam integralmente a tabela 5, podem ser utilizadas inclinações superiores a 8,33% (1:12) até 12,5% (1:8), conforme a tabela abaixo:

[pic]


2.3. Outras normas de dimensionamento
2.3.1. A inclinação transversal não pode exceder 2% em rampas internas e 3% em rampas externas.

2.3.2. A projeção dos corrimãos podeincidir dentro da largura mínima admissível da rampa em até 10 cm de cada lado.

2.33. A largura das rampas (L) deve ser estabelecida de acordo com o fluxo de pessoas. A largura livre mínima recomendável para as rampas em rotas acessíveis é de 1,50 m, sendo o mínimo admissível 1,20 m, conforme figura a seguir.

2.3.4. Quando não houver paredes laterais as rampas devem incorporar guias debalizamento com altura mínima de 0,05 m, instaladas ou construídas nos limites da largura da rampa e na projeção dos guarda-corpos, conforme figura abaixo.


[pic]

2.3.5. Em edificações existentes, quando a construção de rampas nas larguras indicadas ou a adaptação da largura das rampas for impraticável, podem ser executadas rampas com largura mínima de 0,90 m com segmentos de no máximo 4,00 m,medidos na sua projeção horizontal.

2.3.6. Para rampas em curva, a inclinação máxima admissível e de 8,33% (1:12) e o raio mínimo de 3,00 m, medido no perímetro interno à curva, conforme figura abaixo.




[pic]
2.4. Patamares das rampas
.2.4.1. No início e no término da rampa devem ser previstos patamares com dimensão longitudinal mínima recomendável de 1,50 m, sendo o mínimo admissível1,20 m, além da área de circulação adjacente, conforme figura abaixo

[pic]

2.4.2. Entre os segmentos de rampa devem ser previstos patamares com dimensão longitudinal mínima de 1,20 m sendo recomendável 1,50 m. Os patamares situados em mudanças de direção devem ter dimensões iguais à largura da rampa




Telhados

1. O que são telhados
Telhados são construções destinadas a proteger osedifícios da ação das intempérie. Compõem-se da cobertura, da estrutura e dos condutores de águas pluviais.
A cobertura é verdadeiramente o elemento de proteção, sendo que a estrutura serve de apoio à mesma e as calhas e condutores verticais são úteis no recolhimento das águas pluviais.

2. Tipos de superfície
Os telhados podem ser:
- de superfícies curvas;
- de superfícies planas;
- de...
tracking img