Radiologia em acamados

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1304 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
2. Revisão da Literatura
Os efeitos biológicos causados pela interação da radiação no corpo humano, como queda de cabelos, queimaduras na pele e propriamente o surgimento de quadros clínicos com indicação cancerígena foram primordiais para que pesquisadores, na sua maioria composta por Físicos, Médicos e profissionais de Radiologia, definissem critérios de segurança para uma menor exposição àprodução dos meios radioativos.
A otimização da Proteção Radiológica está norteada segundo a Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde conforme o regulamento técnico: "Diretrizes de Proteção Radiológica em Radiodiagnóstico Médico e Odontológico"- Portaria 453 de 01/06/1998. ¹
O princípio de otimização estabelece que as instalações e as práticas devem ser planejadas, implantadas eexecutadas de modo que a magnitude das doses individuais, o número de pessoas expostas e a probabilidade de exposições acidentais sejam tão baixos quanto razoavelmente exeqüíveis, levando-se em conta fatores sociais e econômicos, além das restrições de doses aplicáveis.
A. A otimização da proteção deve ser aplicada em dois níveis, nos projetos e construções de equipamentos e instalações, e nosprocedimentos de trabalho.
B. No emprego das radiações em Medicina e Odontologia, deve-se dar ênfase à otimização da proteção nos procedimentos de trabalho por possuir uma influência direta na qualidade e segurança da assistência aos pacientes.
C. As exposições médicas de pacientes devem ser otimizadas ao valor mínimo necessário para obtenção do objetivo radiológico (diagnóstico e terapêutico),compatível com os padrões aceitáveis de qualidade de imagem. Para tanto, no processo de otimização de exposições médicas deve-se considerar:
a) A seleção adequada do equipamento e acessórios.
b) Os procedimentos de trabalho.
c) A garantia da qualidade.
d) Os níveis de referência de radiodiagnóstico para pacientes.
e) As restrições de dose para indivíduo que colabore, conscientemente e de livrevontade, fora do contexto de sua atividade profissional, no apoio e conforto de um paciente, durante a realização do procedimento radiológico.
D. As exposições ocupacionais e as exposições do público decorrentes das práticas de radiodiagnóstico devem ser otimizadas a um valor tão baixo quanto exeqüível, observando-se:
a) As restrições de dose estabelecidas neste Regulamento.
b) O coeficientemonetário por unidade de dose coletiva estabelecido pela Resolução-CNENn°. 12, de 19/07/88, quando se tratar de processos quantitativos de otimização.
E. Os limites de doses individuais são valores de dose efetiva ou de dose equivalente, estabelecidos para exposição ocupacional e exposição do público decorrentes de práticas controladas, cujas magnitudes não devem ser excedidas. ²
F. Os limites dedose:
a) Incidem sobre o indivíduo, considerando a totalidade das exposições decorrentes de todas as práticas a que ele possa estar exposto.
b) Não se aplicam às exposições médicas.
c) Não devem ser considerados como uma fronteira entre seguro e perigoso.
d) Não devem ser utilizados como objetivo nos projetos de blindagem ou para avaliação de conformidade em levantamentos radiométricos.
e) Nãosão relevantes para as exposições potenciais.
G. Exposições ocupacionais
a) As exposições ocupacionais normais de cada indivíduo decorrentes de todas as práticas devem ser controladas de modo que os valores dos limites estabelecidos na Resolução CNEN n° 12/88 não sejam excedidos. Nas práticas abrangidas por este Regulamento, o controle deve ser realizado da seguinte forma:
(i) a dose efetivamédia anual não deve exceder 20 mSv em qualquer período de 5 anos consecutivos, não podendo exceder 50 mSv em nenhum ano.
(ii) a dose equivalente anual não deve exceder 500 mSv para extremidades e 150 mSv para o cristalino.
b) Para mulheres grávidas devem ser observados os seguintes requisitos adicionais, de modo a proteger o embrião ou feto:
(i) a gravidez deve ser notificada ao titular do...
tracking img