Quimica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2236 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ligações Químicas Profª Vera Lucia

Regra do octeto ou teoria da configuração estável
Somente átomos ou íons com oito elétrons no último nível são estáveis
Os átomos dos gases nobres são os únicos naturalmente estáveis; por isso, ocorrem isolados na atmosfera. Os demais, por serem instáveis, procuram se unir entre si a fim de adquirir oito elétrons no último nível. Isso é conseguidoatravés da perda, do ganho ou do compartilhamento de elétrons entre os átomos,dependendo do tipo de ligação que estabelecem.

LIGAÇÃO IÔNICA OU ELETROVALENTE
É o tipo de ligação que ocorre entre METAL E NÃO-METAL.
Sendo eletropositivo, o metal cede elétrons ao não-metal, que é eletronegativo; disso resultam íon positivo (cátion) e íon negativo (ânion), com configurações estáveis (oitoelétrons no último nível). Em seguida, os dois íons se atraem eletricamente, formando um composto chamado iônico.
De modo geral : átomos com menos de quatro elétrons de valência , os metais, tendem a perder elétrons (todos os de valência) e se transformar em cátions ; átomos com mais de quatro elétrons de valência , os não-metais, tendem a receber elétrons (os que faltam para 8 ) e se transformam emânions.

• Na fórmula de um composto colocamos em primeiro lugar o cátion (metal) e depois o ânion (não-metal).

Exemplo:
a. Combinação do potássio com o cloro: K+ + Cl – KCl
Houve transferência de um elétron do átomo de potássio para o de cloro. O potássio transformou-se num cátion e o cloro num ânion sendo que ambos ficaram estáveis, isto é, com 8 elétrons no nível de valência.Entre os íons surge uma força de atração de natureza elétrica, com conseqüência formação de uma substância química iônica.

b. Combinação do alumínio com oxigênio: 2 Al 3+ + 3 O 2 – Al2O3
Um só átomo de alumínio (2-8-3) não pode combinar com um átomo de oxigênio(2-6), pois cada átomo
de alumínio precisa perder três elétrons, enquanto cada átomo de oxigênio só pode receber dois. Onúmero de
elétrons cedidos pelo metal deve ser igual ao número de elétrons recebidos pelo ametal. Assim, a combinação
terá que ser na proporção de 2 átomos de alumínio para três de oxigênio. Desta forma, os 2 átomos de alumínio
cedem um total de 6 elétrons para os três átomos de oxigênio.
Características dos compostos iônicos:
• São sólidos à temperatura ambiente ; • Possuem estruturacristalina. ; • Apresentam elevado ponto de fusão e de ebulição, pois, para fundir o composto iônico se faz necessário romper o retículo cristalino e isto requer uma quantidade considerável de energia. ; • No estado sólido não conduzem corrente elétrica ; • São condutores de corrente elétrica quando fundidos (estado líquido) ou em solução aquosa, pois há migração dos íonsLIGAÇÃO COVALENTE OU MOLECULAR (HIBRIDAÇÃO)
A ligação covalente ocorre por meio de umcompartilhamento de elétrons entre os átomos ligantes.
Os dois átomos envolvidos nessa ligação têm a tendência de ganhar elétrons, não sendo possível ocorrer
transferência de elétrons de uma para o outro. Assim, ambos compartilham elétrons, ou seja, um átomo utiliza
elétrons do outro (diz-se que esse par de união gira em torno dos dois núcleos ou então que é igualmente atraído
pelos dois núcleos).Dessa forma, os dois átomos ligantes ficam estáveis, adquirindo a mesma configuração
eletrônica dos gases nobres.
Na ligação covalente, a diferença de eletronegativiadade entre os átomos geralmente é nula ou menor que 1,7. Ocorre sempre entre NÃO-METAL e NÃO-METAL , NÃO-METAL e SEMIMETAL , NÃO-METAL e HIDROGÊNIO.
A ligação covalente pode ser de dois tipos: ligação covalente comum e...
tracking img