Quimica farmaceutica elementar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 56 (13767 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO | 01 |
1. HIPNÓTICOS E SEDATIVOS | 02 |
2. ANSIOLÍTICOS E ANTIDEPRESSIVOS | 08 |
3. ANTIPSICÓTICOS | 12 |
4. ESTIMULANTES DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL (SNC) | 16 |
5. ANTICONVULSIVANTES | 18 |
6. ANTIPARKINSONIANOS | 22 |
7. HIPNOANALGÉSICOS | 25 |
8. ANESTÉSICOS | 32 |
9. ANTIBIÓTICOS | 51 |
REFERENCIAS | 64 |Introdução
A utilização das drogas para tratar doenças é tão antiga quanto a própria civilização
Primeiras drogas:
* origem natural
* Plantas superiores
* Tratamento de doenças infecciosas
As plantas eram descobertas pela ação que elas desenvolviam e não pela especificidade de seus princípios ativos.‡
Os índios utilizavam a casca da quina para combater a febre e a malária. Em 1820,foi isolado desta planta o principio ativo aquinina, um alcalóide até hoje utilizado como agente antimalárico.

Definições:
Droga: toda substancia natural com ação medicamentosa, da qual se podem extrair um ou mais princípios ativos.
Fármaco: é a substância química de constituição definida utilizada para fins de diagnostico, prevenção e cura de patologias.
Medicamento: é o fármaco elaborado oumanipulado em uma forma farmacêutica de apresentação ou manipulação.
REA: relação entre estruturas químicas e atividade biológica.
Grupo Farmacofórico: parte estrutural de um fármaco, responsável e indispensável para sua ação.
Conceito:
A química farmacêutica engloba a descoberta (identificação de compostos bioativos), desenvolvimento de novos compostos, suas sínteses e o estudo (no campomolecular) da relação entre a estrutura química e a atividade biológica, para que se possa entender os diversos mecanismos do fármaco, sejam eles terapêuticos ou colaterais, assim como entender seu comportamento farmacocinético e físico-químico.

1. HIPNÓTICOS E SEDATIVOS

São Fármacos utilizados para provocar sedação e combater a insônia, são depressores do sistema nervoso central.Insônia é a sensação de sono de má qualidade ou de duração insuficiente, resultante da dificuldade em adormecer, dificuldade de manter-se dormindo, acordar muito cedo ou ter um sono não reparador.
Insônia aguda: é aquela que tem uma duração inferior a um mês, também chamada de insônia emocional por ser ocasional.
Insônia Crônica: relacionada a quadros patológicos, tem duração de pelo menos 3 noitespor semana em um período superior a um mês.
Participam da regulação do sono vários neurotransmissores , como serotonina, noradrenalina, acetilcolina, ácido gama- aminobutírico(GABA) histamina e adenosina, aminoácidos excitatórios como glutamato e aspartato, pepitídeos como interleucina1, interferon alfa 2 , colecistocinina 8, vasopressina, e hormônios como o hormônio do crescimento e prolactina.Mesmo com tantas substâncias apenas a acetilcolina (Ach) possui uma função claramente definida mas já é sabido que a noradrenalina, serotonina e a acetilcolina correlacionadas são de fundamental importância para o estudo da regulação do sono. 
Substancias estimulantes do centro indutor do sono:
A Melatonina é um neuro-hormônio produzido pela glândula pineal e, acredita-se, apresenta comoprincipal função regular o sono. Esse hormônio é produzido a partir do momento em que fechamos os olhos. Na presença de luz, entretanto, é enviada uma mensagem neuro-endócrina bloqueando a sua formação, portanto, a secreção dessa substância é quase exclusivamente determinada por estruturas fotossensíveis, principalmente à noite.
Noradrenalina(NA)
A noradrenalina estimula o sono REM logo a destruiçãodo locus coeruleus (local de maior produção dessa substância) ou a administração de drogas como alfa-metil-paratirosina ou dissulfiram ( supressores de NA) levam ao aumento do SP. Porém o aumento de NA também leva a diminuição do sono REM por ação de fármacos quem inibem enzimas que degradam a NA como a monoamina oxidase (MAO)
A administração de fármacos que inibem o locus coeruleus (LC) como...
tracking img