Qualidade de vida no trabalho e segurança no trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2465 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ao trabalharmos com o tema Qualidade de Vida e Segurança do Trabalho pudemos perceber que o mesmo é um dos setores do mercado produtivo que se faz presente em todos os locais, sendo, portanto, de grande abrangência e diversificações em suas atividades, e apresentando um grande crescimento, pois a formação de pessoal especializado será capaz de atender as necessidades e as exigências do mercadode trabalho nesta área, respeitando a integridade física e mental do trabalhador, protegendo-os contra acidentes e doenças profissionais.
No mundo globalizado em que vivemos percebe-se que as empresas estão buscando melhorar o relacionamento com seus colaboradores e os níveis de satisfação com a Qualidade de Vida no Trabalho, devido à necessidade de atrair e manter bons funcionários, os quaissatisfeitos proporcionarão à empresa benefícios: redução de custos e aumento de produtividade e qualidade, diminuição do absenteísmo, maior satisfação dos colaboradores, melhoria na comunicação e imagem da empresa no mercado.
A qualidade de vida no trabalho tem sido uma preocupação do trabalhador desde o início da sua existência, com outros títulos em outros contextos, mas sempre voltada parafacilitar ou trazer satisfação e bem estar ao trabalhador na execução de sua tarefa, Rodrigues (2002).
No início do Século XVlll, ocorreram grandes mudanças nos processos industriais, a população mundial crescia em um ritmo acelerado e o mercado consumidor aumentava rapidamente, estimulando a produção em grande escala e induzindo o aprimoramento tecnológico (RODRIGUES, 2001). O objetivo dosproprietários de fábricas e comerciantes daquela época era a concentração de capital. O trabalhador, por sua vez, vivia em condições desumanas e as jornadas de labor chegavam a até dezoito horas diárias. Na época, as fábricas não ofereciam condições de ambientes saudáveis para os trabalhadores desempenharem suas atribuições, ocasionando cansaço pelo excesso de esforço. A saúde das pessoas andavabastante comprometida por motivo de ambientes desfavoráveis de higiene, onde proliferavam enfermidades não apenas pelo contágio, como também pelo desgaste físico a que eram submetidos os trabalhadores. Também nesta época os acidentes eram freqüentes, pois não havia a preocupação dos fabricantes em preveni-los (CARVALHO apud OLIVEIRA, 2004).
O século XlX é marcado pelo agravamento de condiçõessubhumanas no trabalho, como: extensas jornadas diárias, mão-de-obra barata, condições insalubres de trabalho, falta de higiene, acidentes de trabalhos, entre outros. Para tentar modificar a situação existente nesse período histórico, surgem as lutas operárias que tinham dois objetivos: o direito à vida (sobrevivência) e a construção do instrumento necessário à sua conquista: a liberdade de organização.Estas lutas marcaram todo século, porém, só a partir da última década daquele é que foram obtidas leis sociais referentes à saúde dos trabalhadores, sendo elas: em 1890, criação nas minas da função de delegados de segurança; em criação de 1893, lei sobre higiene e segurança dos trabalhadores da indústria; em criação de 1898, lei sobre acidentes de trabalho e sua indenização; em 1905 foiestabelecida aposentadoria para o conjunto dos trabalhadores após sessenta e cinco anos (DEJOURS, 1992). Segundo Chiavenato (1997), no decorrer do século XX as organizações passaram por três fases distintas: a era da industrialização clássica; a de industrialização neoclássica e a era da informação. A primeira fase foi do período de 1900 a 1950, marcado pelo aumento da industrialização, que se iniciou aRevolução Industrial. Nesse período há a forma organizacional pelo formato piramidal e centralizador, departamentalização funcional, modelo burocrático, centralização das decisões no topo, disciplinar e padronizar o comportamento dos participantes. As pessoas eram consideradas recursos de produção, juntamente com outros recursos organizacionais, como máquinas, equipamentos e capital. A era da...
tracking img