Qualidade de vida na terceira idade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3636 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Qualidade de Vida na Terceira Idade

RESUMO:
A Qualidade de Vida tem sido preocupação constante do ser humano, desde o início de sua existência e, atualmente, constitui um compromisso pessoal à busca contínua de uma vida saudável, desenvolvida à luz de um bem-estar indissociável das condições do modo de viver, como: saúde, moradia, educação, lazer, transporte, liberdade, trabalho,auto-estima, entre outras.

PALAVRAS CHAVE:
Envelhecimento, terceira idade, atividade física.

INTRODUÇÃO
Segundo Guita Grin Debert, (2003):
A velhice é uma categoria socialmente produzida. Faz-se, assim, distinção entre um fato universal e natural – o ciclo biológico, do ser humano e de boa parte das espécies naturais, que envolve o nascimento, o crescimento e a morte – e um fato social e histórico– a variabilidade das formas de conceber e viver o envelhecimento.
O termo “qualidade de vida” engloba diversos aspectos da vida de uma pessoa. Segundo Nahas (2006), a qualidade de vida envolve fatores como: estado de saúde, longevidade, satisfação no trabalho, salário, lazer, relações familiares, disposição, prazer e até espiritualidade; Nahas (2006, p.14) ainda diz que qualidade de vida podeser entendida como: “a percepção de bem-estar resultante de um conjunto de parâmetros individuais e sócio-ambientais, modificáveis ou não, que caracterizam as condições em que vive o ser humano”. Para que um indivíduo tenha uma boa qualidade de vida é necessário que ele tenha saúde, que segundo Nahas (2006, p.18) significa uma “condição humana com dimensões física, social e psicológica,caracterizadas num contínuo, com pólos positivo e negativo”.
O Brasil é um país que envelhece a passos largos. As alterações na dinâmica populacional são claras, inexoráveis e irreversíveis. No início do século XX, um brasileiro vivia em média 33 anos, ao passo que hoje a expectativa de vida dos brasileiros atinge os 68 anos. Entre 1960 e 1980, observou-se no Brasil uma queda de 33% na fecundidade, adiminuição no ritmo de nascimento resulta, em médio prazo, no incremento proporcional da população idosa. Nesse mesmo período de 20 anos, a expectativa de vida aumentou em oito anos. Hoje, a população de idosos ultrapassa mais 15 milhões de brasileiros (para uma população total de cerca de 180 milhões de habitantes), que em 20 anos serão 32 milhões (VERAS, 2003).
Com isso foi observado que a esperançade vida, que era em torno de 33,7 anos em 1950/1955, passou para 50,99 em 1990, chegou até 66,25 em 1995 e deverá alcançar 77,08 em 2020/2025. (SIQUEIRA, 2002).
Esta revisão bibliográfica tem como proposta demonstrar a importância da atividade física para uma boa qualidade de vida na Terceira idade.

Metodologia
Este estudo foi construído através do levantamento de dados
encontrados naliteratura já existente. Foram realizadas pesquisas
bibliográficas por meio dos livros, artigos originais e de revisão sobre o tema “A Qualidade de Vida na Terceira Idade”, revistas e Internet.

TERCEIRA IDADE

O nome terceira idade

Segundo Farquhar (1995), as primeiras definições do termo qualidade de vida que aparecem na literatura e predominam até meados dos anos 80 (definição global),nas quais são muito gerais e focam-se em avaliações de satisfação ou insatisfação com a vida; “ qualidade de vida é a extensão em que prazer e satisfação têm sido alcançados” (SEIDL e ZANNON, 2004)
O nome terceira idade foi proposto pelo francês Huet, em uma revista chamada Informations Sociales (1962), que dedicava o número aos aposentados, logo o nome terceira idade ganhou aceitação e adeptos,e com isso, hoje podemos nos referir as pessoas idosas, sem menosprezá-las.
O termo "Adulto maduro" e "idade madura" são expressões comumente usadas num sentido positivo, e apontados como preferíveis a "idoso" e "velhice", termos tidos por muitos como pejorativos, conforme diz NERI & FREIRE, (2000:12).
É importante compreender o idoso, não julgá-lo como um objeto, mas sim entendê-lo como fonte...
tracking img