Psicologia institucional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Pensar com as próprias palavras- Como o lugar do psicólogo pode ser um fazer, como transita pela lógica não tecnicista. Como pode se fundar a partir desse falso, do imprevisível. A partir desseregime de signos diferenciados, pensar o lugar do psicólogo, e do “trabalhador” nesse meio.

A prática psicoterápica dentro de uma lógica não tecnicista consiste em manter uma posição crítica frente àsrepresentações que lhes são “impostas” por uma sociedade segregadora. Esta sociedade capitalista tem como ideal a produção, portanto esta segregação não é “vista a olho nu”, é preciso problematizar oque está dado como verdade ou como mentira, é preciso não comprar idéias prontas e sim inventar, criar sua própria imagem, é preciso sair do óbvio. Porém, diferir dentro de um sistema, em que todas asexpressões são possíveis, onde até aquele chamado de estranho, de esquisito já foi capturado pelo capitalismo, que quer formar seletos grupos, é uma tarefa difícil, pois este sistema diminui nossacapacidade de pensar, e com isso repetimos padrões, não nos permitimos viver o “novo” porque ele assusta, ele tem algo diferente a nos falar e nem sempre é o que queremos ouvir, por isso nós o reduzimosao modelo vigente.
Portanto, para suportar o imprevisível sem sufocar sua riqueza se faz necessário se afetar, não por qualquer coisa, mas por aquilo que te faça construir novos sentidos. E não temcomo dizer o que vai ou não possibilitar a construção do novo, porque tudo emite sentidos, tudo será um modo de afecção, vai depender dos agenciamentos que perpassam as relações.
Como pode se percebera vida é muito mais complexa que a visão tecnicista prega, logo é dever do psicólogo contestar essa lógica, e abrir novos campos de possibilidades, na medida em que a terapia acontece no encontro, ea escuta não se dá a partir de representações, porque é nos encontros que algo se muda em nós. Quando o psicólogo associa o ser do cliente a uma representação, a um padrão pré-estabelecido, perde-se...
tracking img