Psicologia humanista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1147 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO
CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA



















RESENHA CRÍTICA



















Petrolina-PE
2010

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO
CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA






Rayssa Costa







RESENHA CRÍTICAResenha crítica apresentada a disciplina Psicologia Fenomenologica-Existencial I,ministrada pela professora Sílvia Raquel Santos de Morais, para obtenção de nota.








Petrolina-PE
2010


Resenha crítica

Referências:

AMATUZZI, M.M. (2001). Por uma psicologia humanista. São Paulo: Alínea

HOLANDA, F.A. (1998). Diálogo e psicoterapia: Correlações entre Carl Rogers eMartin Buber. São Paulo: Lemos Editorial.

1. Humanismo e Psicologia

Para entender o texto ”Humanismo e psicologia” é preciso entender inicialmente que hoje em dia é mais correto se falar em humanismo na psicologia, do que em psicologia humanista. Isso porque nessa ocorre uma mudança na relação com o objeto. Essa nova realidade abrange todas as visões anteriores, isso por quecria-se uma relação de causa e efeito, entre o interno e o externo. O homem não é composto apenas por fatores internos, levados consigo durante o tempo, embora estes sejam bem importantes, assim como ele não é composto exclusivamente de fatores externos, embora sua relação com o meio ambiente também seja muito significante. O humanismo compreende também a questão de sentido, como existente e nãoapenas como a sua natureza, embora é preciso ter cuidado na decifração dessas questões, uma vez que pode reduzida ao homem resultado, e não ao homem atual. É justamente esse homem atual que assumi a decifração dessas questões, isso trás consigo uma reviravolta na pespectiva no sentido do humanismo na psicologia.



1- Sentidos do humanismo

O humanismo na psicologia pode ser usado ematé quatro modos diferentes.

.

1- Movimento cultural

Durante o movimento cultural, o humanismo esteve intimamente ligado a renascença. Apesar disso houve uma banalização dessa palavra, como se humanismo fosse simplesmente qualquer filosofia cuja o homem estivesse no centro de suas preocupações.

2- Tradição da ética cultural

Erich Fromm fala sobre atradição da ética humanista, onde há representantes em praticamente todas épocas do pensamento ocidental.Ele a define como a predominância da opinião sobre o conhecimento humano, que seria a base para o estabelecimento de normas e valores.

3- Posicionamento ético

André Amar, conceitou seu posicionamento num dicionário francês. Segundo ele, esta se caracterizava por umposicionamento ético, uma não-dissociação entre uma psicologia objetiva,e um posicionamento de valores. Nesse contexto surge a psicologia no ramo da ética.

4- Sentido restrito e contemporâneo

Por ultimo é possível falar sobre o sentido restrito e contemporâneo da psicologia humanista. Esta cadeira surge como uma oposição as duas grandes cadeiras da psicologia: o behaviorismo e apsicanálise. Apesar de não contradizer nenhuma dessas linhas, condena-se apenas o fato de nenhuma delas tratar o ser-humano.

2- Atitude humanista no interior da psicologia

A presença de uma atitude humanista no interior da psicologia, pode ser dividida de acordo com mais quatro divisões.

1.2.1- Visão Marlowiana

Segundo Maslow, a psicologia não pode sertratada como um meio sem fim, é preciso um conjunto de conhecimento técnicos em prol de alguma finalidade. Para ele tudo se resume na questão de “pra onde vamos.” Assim, ele inicia uma ciência do homem.

1.2.2- Visão Husserliana

Hursserl foi o primeiro a questionar o método científico na realidade humana. Ele fala sobre uma realidade intencional, que só é alcançada...
tracking img