Psicologia forense

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2138 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PSICOLOGIA FORENSE

A psicologia forense é uma vertente de estudo da
Psicologia, consistente na aplicação dos conhecimentos psicológicos aos assuntos relacionados ao direito,

principalmente quanto à saúde mental, quanto aos
estudos sócio-jurídicos dos crimes e quanto a personalidade da Pessoa Natural e seus embates

subjetivos.

FUNÇÕES DO PSICÓLOGO FORENSE:
 Avaliação

depsicodiagnóstico;
como perito a órgãos

 Assessoramento

judiciais;
 Intervenção:

planejamento e realização de

programas de prevenção, tratamento,
reabilitação e Integração ao meio social;

FUNÇÕES DO PSICÓLOGO FORENSE:
 Planejamento

de campanhas de combate à
criminalidade;

 Vitimologia:

pesquisa e atendimento às

vítimas de violência
 Mediação:

alternativas à viajudicial.

Enquanto a psicologia é o
estudo do comportamento humano e animal, o termo forense refere-se, num sentido restrito, às situações que se

apresentam nos tribunais.

Deste modo, a psicologia

forense relaciona-se a
situações em que é necessário

avaliar psicologicamente
questões que estão em discussão judicial.

A palavra “forense” tem a sua origem na palavra latina“fórum”, que designa o sítio da geografia da cidade romana onde se situariam os tribunais.

Sendo assim, a palavra “forense” seria atribuída a
aquilo que se relacionasse com o funcionamento dos tribunais.

A abrangência do termo “forense” permite que toda a atividade psicológica que funcione numa inter-relação contínua com a Lei possa se incluir sob esta designação: psicólogos que trabalhem eminstituições de reinserção social, em estabelecimentos prisionais, instituições de proteção e educação de menores em risco, instituições de apoio a vítimas e como peritos judiciais.

Todos os psicólogos forenses, apesar das
especificidades de seu trabalho, partilham uma mesma linguagem, melhor ainda, têm a tarefa de tradutores: da linguagem do Sujeito para a Lei, e a linguagem da Lei para oSujeito.

ENTREVISTA COM A PSICOLOGA FORENSE DA COMARCA DE AVARÉ:

PAULA DA CRUZ MOSCÃO

1.- FALE-NOS UM POUCO SOBRE O SEU TRABALHO.


Aqui, ao todo, somos três

psicólogas: Patrícia, Rosangela e eu. A Patrícia está ausente por licença médica e a Rosangela está de férias. Seria legal se vocês pudessem falar com todas, pois sou a mais nova no setor. As outras duas já tem 20 anos aqui e euapenas 5 anos. Trabalhamos no chamado Setor Técnico do Fórum.

2.- QUAIS ATIVIDADES SÃO REALIZADAS AQUI NO SETOR
TÉCNICO DO FÓRUM?



Não fazemos atendimento clínico no setor. Realizamos

perícias, que consiste em avaliar as condições intelectuais e

emocionais de crianças, adolescentes e adultos que sejam
partes em processos judiciais, seja por deficiência mental e insanidade,testamentos contestados, aceitação em lares adotivos, posse e guarda de crianças, determinação da responsabilidade legal por atos criminosos e etc.

2.- QUAIS ATIVIDADES SÃO REALIZADAS AQUI NO SETOR
TÉCNICO DO FÓRUM?



Ao fazermos nossas

avaliações, temos que ser totalmente imparciais e

técnicas.

Exemplificando: 1.- interdição de incapaz; 2.- processos de guarda de menores; 3.-separação de casais onde há criança envolvida; 4.- regulamentações de visita; 5.- adoção; 6.situações de alienação parental, para detectarmos quando um dos genitores influencia negativamente o(s) filho(s) em relação ao outro, como no caso de uma mãe que possui a guarda da criança e faz de tudo para criar uma aversão do filho ao pai;

Toda vez que falamos em crianças, em menores, temos
que nosreportar ao ECA, ou seja, Estatuto da Criança e do Adolescente.

Em casos de guarda provisória, guarda definitiva e adoção, nossa prioridade é encontrar abrigo para criança com familiares ou pessoas com quem ela tenha afinidade afetiva.

Caso não exista essa possibilidade, por qualquer motivo, é feita a

destituição do poder familiar e a
criança é colocada em uma família substituta.

A...
tracking img