Psicologia excepcional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3126 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FESURV - UNIVERSIDADE DE RIO VERDE
FACULDADE DE PSICOLOGIA

ASPECTOS MULTIFATORIAIS QUE INTERFEREM NA ATENÇÃO

Orientadora: Profª. Ms.

Artigo Científico apresentado ao Curso de Psicologia da Fesurv – Universidade de Rio Verde, como parte das exigências do Estágio Supervisionado da Psicologia do Excepcional.

RIO VERDE - GOIÁS
2009

ASPECTOS MULTIFATORIAIS QUE INTERFEREM NAATENÇÃO

Danielle Macedo Guimarães Vilela
Rossana Macedo Borges Cruvinel

RESUMO

O principal objetivo deste estudo foi investigar quais fatores ambientais, sociais e comportamentais interferem na atenção. Pode-se perceber que nas atividades isoladas do ambiente da sala de aula, a aluna apresentou maior atenção e conseguiu responder de forma assertiva, a alguns exercícios propostos. O contexto emque a aluna está inserida no ambiente escolar e as múltiplas deficiências que os membros da sala de aula possuem, são variáveis extremamente relevantes à desatenção da aluna, o fator da mesma ter sido participante da rede regular de ensino, e encontrar-se atualmente em uma sala com alunos portadores de múltiplas deficiências, contribuiu para seu prejuízo cognitivo.

PALAVRAS-CHAVE: Atenção,hiperatividade, aprendizagem
KEY WORDS:

1 INTRODUÇÃO

As crianças com déficit de atenção não conseguem realizar várias tarefas que lhe são propostas. Por este motivo são consideradas como crianças desatentas, desinteressadas, demonstrando dificuldades no processo de aprendizagem. A criança inserida no processo de ensino especial demanda uma atenção diferenciada, assim como, os professores ea família precisam estar engajados neste processo de desenvolvimento, além de proporcionar um entendimento maior que capacite os profissionais da educação diferenciar a hiperatividade de um comportamento indisciplinado.
A hiperatividade e a desatenção prejudicam o aprendizado por causa da falta de concentração nas atividades que os alunos apresentam, e, principalmente numa escola de ensinoespecial, onde este comportamento pode atrapalhar o desenvolvimento de toda uma sala de aula. A aprendizagem em alunos especiais e que são rotulados com TDAH, normalmente apresenta algumas diferenças, devido às crianças não se concentrarem e prestarem pouca atenção nas atividades propostas perturba o andamento da classe e apresentam de um modo geral, um baixo rendimento escolar.
Em decorrência doauto-índice de reclamações em âmbito escolar de queixa de Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade, despertou nas estagiárias o interesse de pesquisar um fator em especial: atenção. Sabendo que em condições específicas, as mesmas são capazes de aprender e obter resultados semelhantes aos de outras crianças da mesma faixa etária e escolaridade.

2 REFERÊNCIAL TEÓRICO

2.1 Portadores dedeficiências e distúrbios de aprendizagem

Pessoas deficientes em geral, são indivíduos que não produzem (principalmente porque eles são “educados” para serem inúteis e dependentes) e que, consequentemente, oneram física, econômica e emocionalmente os demais, se tornando um “peso” para a sociedade. “Ele é uma cruz que eu carrego!” é um discurso típico de familiares de deficientes (GLAT, 2001).
Emcontrapartida, por não contribuírem com o sistema, esses indivíduos também não têm direito ao status de cidadão pleno (apesar de que esse direito é hoje “garantido” pela Constituição da maioria dos países). Dito e outra forma, embora as pessoas deficientes sejam dependentes e não tenham as mesmas obrigações que os demais cidadãos, elas não têm também os mesmos privilégios, sendo afastadas total ouparcialmente do convívio social. Devido ao progresso material da civilização, formou-se um enorme contingente de indivíduos que consegue sobreviver fisicamente, mas por não ter as condições básicas de lidar independentemente com o ambiente, não sobrevive socialmente (GLAT, 2001).
O grande drama dessas pessoas marginalizadas, que afeta sobremaneira os portadores de deficiências, é que o...
tracking img