Psicologia de maslow

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3079 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASILCIÊNCIAS DA SAÚDEPSICOLOGIAUMPOUCO DAPSICOLOGIA DEMASLOWIARA FAGUNDESSão Jerônimo
I NTRODUÇÃO Abraham Harold Maslow foi o pai da Psicologia Humanista, que caracterizava como a “terceira força” na psicologiaamericana, e iniciador do Behaviorismo. A sua Teoria da Hierarquia das Necessidades é impar para a boa compreensão dos fatores motivacionais dos seres humanos,dentro desta teoria que a primeira vista parece simplista, está contidamagistralmente a grande percepção do mestre Maslow sobre a natureza comportamental humana.Maslow possuía uma visão humanista, assim como Carl Rogers, acreditando no potencial de auto-realização de todo ser humano. Sabia que algumas condições eram fundamentais para alcançar esta realização e o desenvolvimento sadio do serhumano: consideração, empatia e congruência (autenticidade). Queremos ser considerados, aceitos e respeitados,necessitamos ser escutados (empaticamente, com o outro se colocando em nosso lugar), buscamos a autenticidade, desejamos ser tratados com transparência e veracidade. Este é outro aspecto desconsiderado na compreensão da teoria de Maslow. Para o bom entendimento de Maslow, vamos procurarentender o que são as necessidades, podemos definir necessidades comoa iniciativa motivadora da ação de suprir estados de privações humanas.Maslow procurou entender e explicar o que realmente motiva, energiza, dirige e sustenta o comportamento humano. ParaMaslow, o comportamento é motivado por necessidades a que ele deu o nome de “Necessidades Fundamentais”. Estasnecessidades são divididas basicamente emdois grupamentos: deficiência e crescimento. As necessidades de deficiência são as fisiológicas, de afeto e as de estima. As necessidades de crescimento são aquelas relacionadas ao autodesenvolvimento e auto-realização dos seres humanos.Maslow, psicólogo e consultor americano, apresentou umateoria da motivaçãosegundo a qual asnecessidades humanasestãoorganizadas e dispostas em níveis, numahierarquia de importancia e de influenciação. Essahierarquia das necessidadespodeser visualizada como uma pirâmide. Na base da pirâmida estão as necessidades mais baixas (necessidades fisiológicas) e notopo, as necessidades mais elevadas (as necessidades de auto-realização).CORPO DO TRABALHOMASLOW – (1908-1970)Abraham Maslow é Americano e é considerado o pai espiritual da psicologia humanista. Eledeseja compreender asmais elevadas realizações que os seres humanos são capazes de alcançar. E também desenvolveu uma teoria da personalidadeque se concentra na motivação para crescer para se concretizar plenamente nossas capacidades e potencialidades humanas. No início Maslow era um ardoso comportamentalista convencido de que a abordagem mecanisista da ciência naturalfornecia respostas para todos osproblemas do mundo. Para Maslow, cada pessoa traz em si uma tendência inata para tornar-seauto-realizadora, envolvendo o desenvolvimento e o supremo de todas as nossas qualidades e capacidades, a realização de todanossa potência. Para torna-se auto-realizadora a pessoa precisa satisfazer as necessidades que estão na escala mais baixa daHierarquia das Necessidades, essas necessidades são inatas etem de ser satisfeitas antes que a próxima necessidade dahierarquia surja para nos motivar.Maslow concentrou-se nas características de pessoas que atendem à necessidade de auto-realização e por isso eramconsiderados psicologicamente saudáveis. Em 1962 Fundou Associação Psicanalítica Humanística a qual se opõe com a“Terceira Força a reação à Psicanálise e Behaviorismo. Ele veio contrapor a psicologiado mau estar e da destruturidade quenasce da observação unilateral do homem doente a psicologia do bem estar é da criatividade. Estudavam o homem a partir deseus conflitos.O conceito central humanista indica que o homem tenha a tarefa de realizar suas potencialidades, ou seja o sentido desua própria individualidade. A culpa de si é quando eu sufoco as minhas potências não desenvolvendo de força...
tracking img