Psico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1693 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Estruturalismo e Funcionalismo.



BOA VISTA
2011.1

Introdução

O presente trabalho abordará duas tendências ou escolas da psicologia que foram dois sistemas fundamentais na história da psicologia, são eles: o estruturalismo, com o seu criador Edward Bradford Titchener (1867-1927) e o funcionalismo com seu precursor William James (1842-1910). Essa abordagem será exposta,inevitavelmente, dentro do contexto histórico da psicologia no final do século XIX, que fora estruturado por Wilhelm Wundt (1832-1920) com o advento da inauguração do primeiro laboratório de psicologia experimental, em Leipzig, 1879. Esse marco histórico no contexto científico da psicologia possibilitou várias ramificações juntamente com a conjugação de correntes isoladas e com orientações filosóficas diversas,resultando no surgimento das escolas clássicas da psicologia no século XX. No caso do Estruturalismo e do Funcionalismo havia tanto uma definição científica própria de psicologia, como também métodos, objetos de estudos diferentes e contribuições específicas. Ambas as tendências desenvolveram-se nos Estados Unidos.

Estruturalismo
O fundador e o principal expoente do estruturalismo foi, semdúvida, Edward Bradford Titchener (1867-1927). Sua definição científica da psicologia estruturalista, como ciência da consciência, é a mesma definição construída por Wundt, tendo em vista sua total simpatia com a utilização dos laboratórios para experimentos psicológicos.
. No ensaio “Os postulados de uma psicologia estrutural”, defendia que estruturalismo tinha o objetivo de analisar a mente do serhumano baseada em seus elementos estruturais e, o funcionalismo, por sua vez, deveria analisar como a mente funciona para adaptar o sujeito ao meio externo. Titchener defendia seu ponto de vista, afirmando não haver possibilidade de abordar as funções da mente sem antes conhecer sua estrutura. Nesse sentido, o mesmo, divide e subdivide a experiência até um elemento indivisível e esse seria um doselementos da consciência.
Durante um período em Oxford, Titchener conheceu abordagens inéditas, do ponto de vista fisiológico que tinham origem na Alemanha. Titchener, com fluência em alemão, inscreveu-se para um curso no laboratório de Wundt, em Leipzig. Após dois anos concluiu seu doutorado e, recomendado por James Angell, foi lecionar na Cornell University onde rapidamente expandiu oslaboratórios. Em função da rápida expansão desses laboratórios houve necessidade de orientação dos alunos. Titchener publicou obras com esse objetivo, os famosos manuais, tanto para os alunos quanto para os professores.
Para Titchner, a psicologia era a ciência das estruturas mentais e um dos objetivos era a classificação dessas estruturas através da experimentação; como também, a compreensão do processode “síntese”, ou seja, da associação das idéias que culminavam nos fenômenos complexos. Além dessas duas metas anteriores havia a explicação, ou melhor, como o sistema nervoso produzia esses fenômenos, aspecto esse pouco abordado. Todos esses objetivos eram perseguidos usando um método chamado: Introspecção, que na verdade é uma descrição verbal dos resultados dos experimentos. Esse método,posteriormente, foi aprimorado por Oswald Külpe, denominado
“introspecção experimental sistemática”. Diante da evidente limitação desse método, Titchener formulou três preceitos. O primeiro consistia em retroceder a introspecção, ou seja, recordar dos fatos após o experimento. O segundo consistia em fracionar as experiências, diminuindo assim, o volume de informações, tornando-as mais acessíveis. Oterceiro e mais importante era o “hábito de introspecção”, na qual o observador deveria adquirir uma sistematicidade, transmitindo os relatos de maneira mais objetiva.
Com base nas análises obtidas através da introspecção, Titchener classificou três espécies de processos mentais: as sensações, imagens e afetos. As sensações eram os elementos básicos da percepção, as imagens eram os elementos...
tracking img