Psicanalitica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4588 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Alguns aspectos da Transferência – Daniel Lagache

I. Observações preliminares:

Embora as conexões próximas entre teoria e a prática, é considerado ser possível observar a psicanálise essencialmente como um método de terapia com a manipulação da transferência como o seu principal instrumento.
Antes de entrar nesta temática, é possível ser útil indicar o tipo de abordagem que parece serpraticável para o autor. Este ficará contente com três comentários:
1. Geralmente falando, a psicanálise foi tentada cada vez mais a tornar-se a psicanálise do comportamento (Lagache, 1948)
2. O conceito de comportamento, o qual tem sido considerado útil na Psicanálise não é o do Behaviorismo de Watson, mas aproxima-se mais para a maioria dos aspectos elaborados do Behaviorismo (BehaviorismoMolar) de acordo para o qual a conduta não pode ser reduzida para separar identidades, mas, constitui a totalidade das respostas as quais são ambas fisiológicas, conativas e simbólicas, e esta totalidade tendo um significado. É por esta razão que, as verbalizações do paciente não são apenas consideradas com base no seu conteúdo abstracto, mas, são consideradas ao mesmo tempo como uma parte docomportamento concreto, um modo de transacção com a situação psicanalítica; por exemplo uma tendência estereotipada para começar a sessão através do relato de sonhos pode ser interpretada como uma resistência.
3. O ponto de vista dos behavioristas desafia os psicanalistas a interessarem-se eles próprios nos estudos experimentais do comportamento e particularmente da aprendizagem. A experimentação, emboranão só como concreto e compreensivo como a psicologia clínica, está ainda na posição de fornecer princípios simples e melhor estabelecidos.
A abordagem psicanalítica para o comportamento encontra um lugar ideal no estudo da transferência. Freud não tem ele próprio postulado que na transferência, o paciente substitui a repetição pelo comportamento para recordar mediante o pensamento e alinguagem? (Freud, 1917).

II. Definição de transferência:

A transferência é geralmente definida como uma repetição no dia presente da vida, e particularmente na relação com o analista, de atitudes emocionais inconscientes desenvolvidas durante a infância no seio do grupo familiar e especialmente em direcção aos pais. É usual acrescentar-se, que a transferência pode ser benévola, hostil ouambivalente. Contudo, poderemos referir-nos a Freud na defesa desta definição, ainda que falhe a representação de todos os aspectos do seu pensamento ou da complexidade dos factos. É verdade que definições deste tipo dizem mais do que elas claramente exprimem. O autor tenta expressá-las:
Este tipo de definição pode ser subjectiva em três criticismos principais:
1) Numa análise descritiva, é evidente serpossível falar do fenómeno da repetição. Mas isto não faz dizer a função, tal como nós estamos lidando com a repetição motivada pelas necessidades particulares ou com uma repetição compulsiva e automática devido a uma necessidade específica para repetição. A segunda interpretação é na totalidade a mais usual porque a teoria da repetição automática tem exercido assim uma influência notável.
2) Anoção de atitude emocional inconsciente é igualmente vaga/ incerta. Como a definição sugere, se as atitudes emocionais transferidas são inconscientes é porque não têm sido capazes de se desenvolverem, ou, porque têm sido recalcadas e têm por esta razão conservado a influência (força) dinâmica do recalcamento das necessidades e emoções.
3) A classificação de atitudes emocionais dentro do amor,ódio, e ambivalência é antes uma noção geral, e faz uma pequena justiça à maioria dos aspectos específicos da transferência da atitude emocional.

Considerando a transferência como uma parte concreta e activa do comportamento, Freud indicou a solução cuja importância nós podemos agora melhor avaliar graças ao progresso da Psicologia. A transferência é um meio específico na qual o paciente...
tracking img