Proteinas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2482 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PROTEÍNAS
Agenor Fontoura Marquez
Bromatologia e Nutrição Animal
Medicina Veterinária

INTRODUÇÃO
 Evolução nas últimas duas décadas;
 Método fatorial: consiste em dividir a exigência

protéica em Manutenção e Produção;
 Manutenção: N endógeno urinário, fecal;
 Produção: Feto, Crescimento e Lactação;
 Proteína Bruta
Proteína metabolizável
(aminoácidos);
 Resultado: ganhos deprodutividade animal;

DEFINIÇÃO
 Proteínas são definidas como compostos orgânicos,

de origem coloidal (consistência gelatinosa, que não
se cristaliza e que em dissolução se difunde com
lentidão extrema) de elevado peso molecular,
constituídas por carbono, hidrogênio, oxigênio e
nitrogênio, podendo ainda conter enxofre, fósforo,
cobre, ferro, cobalto, etc;
 As proteínas são asmacromoléculas mais abundantes
nas células vivas, ocorrem em todas as células, em
todas as partes das mesmas e em grande variedade;

 Na natureza existem 300 AAs distintos, mas apenas







20
estão
presentes
nas
proteínas
de
microorganismos, plantas e animais;
Nutrição de Ruminantes e Não Ruminantes: AAs
essenciais (AAE) e AAs Não Essenciais (AANE);
AAE: não sãosintetizados pelo organismo animal,
ou são sintetizados em quantidades insuficientes;
Dos 20 AA, 10 são considerados AAE tanto para
ruminantes como para não ruminantes;
Os 20 AA são requeridos pelo organismo
principalmente para a síntese de proteínas, mas
podem também ser utilizados para a síntese outro
metabólitos;

a)

Aminoácidos essenciais: São aqueles que não são
sintetizados peloorganismo animal numa velocidade
suficientemente rápida para promover o desenvolvimento
normal do animal. Ex.: Metionina, Lisina, Triptofano,
Valina, Fenilalanina, Leucina, Isoleucina, Treonina,
Histidina,
Arginina,
Glicina
e
Prolina.
Obs. Em ruminantes menor importância devido a síntese
de proteína microbiana;

b)

Aminoácidos não essenciais: São aqueles que podem ser
sintetizados noorganismo animal em quantidade e
velocidade suficientes para permitir o desenvolvimento
normal do animal. Ex.: Cisteína, Serina, Glutamato,
Glutamina, Tirosina, Alanina, Aspartato e Asparagina.

 Com base nos metabólitos produzidos, os AA

podem ser classificados em:
a) Glicogênicos: importantes precursores para a
síntese de glicose, através da gliconeogênese
hepática em ruminantes;
b)Cetogênicos: precursores para a síntese de
ácidos graxos;
c) Glicogênicos e Cetogênicos: precursores
tanto de glicose como de ácidos graxos.

IMPORTÂNCIA
 As proteínas são fundamentais porque estão

intimamente relacionadas com os processos vitais
das células;
 Representam mais da metade do peso seco de uma
célula;
 Todas as células sintetizam proteínas durante parte
ou todo o seuciclo de vida;
 Como as proteínas corporais são formadas por
vários AAs, o organismo necessita constantemente
sintetizar proteínas.

Hemoglobina: proteína nas hemácias

Queratina: proteína presente nos
chifres, pêlos, Unhas, Cabelos

 As proteínas podem variar desde tipos muito

insolúveis, como a das penas, pêlo e lã, até as
proteínas líquidas e altamente solúveis, como asglobulinas do plasma sangüíneo;
 Exemplos de Proteínas:

- Proteínas dos Tecidos: os AAs constituem a principal
substância orgânica do músculo;
- Proteínas Funcionais: enzimas, hormônios,
anticorpos e antitoxinas.
- Proteínas dos Produtos: leite e ovo (clara e gema)

Funções das Proteínas
 As proteínas exercem na célula uma grande

variedade de funções, que podem ser
divididas em 2grupos:
- Dinâmicas, transporte, defesa, catálise de
reações, controle do metabolismo e
contração;
- Estruturais, como o colágeno e elastina, que
promovem a sustentação estrutural da célula
e dos tecidos;

 As proteínas podem ser classificadas de

acordo com suas propriedades químicas:
- Enzimas: É

o grupo de proteínas mais variado
e mais altamente especializado, cujos
componentes...
tracking img