Projetos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1234 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PEDAGOGIA DE PROJETOS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA:
COMO VIABILIZAR?

Olenêva Sanches Sousa – UFBA – oleneva.sanches@gmail.com

Temos dados suficientes para constatar inúmeros problemas relativos ao processo ensino-aprendizagem da Matemática. A abrangência do conhecimento matemático no contexto sócio-cultural, muitas vezes, no ambiente escolar, encontra-setímida e paradoxalmente restrita. A sociedade moderna exige, diz D’Ambrosio (sd), “participação ativa de todos os interessados na tomada de decisões. Na prática docente isso se manifesta na elaboração do aprendizado.“ Não por acaso, portanto, as leis brasileiras vigentes para a Educação promovem à escola e ao educador autonomia para as ações e novas considerações sobre a realidade.
Ao educadormatemático, cabe o usufruto desta autonomia e desta valiosa referência à vida real como condição para tornar o conhecimento matemático democrático, ético e efetivamente útil ao exercício da cidadania. “O ciclo de aquisição de conhecimentos é deflagrado a partir da realidade, que é plena de fatos que informam o indivíduo”, conclui D’Ambrosio (sd), apresentando o ciclo “...realidade ( indivíduo ( ação (realidade...” .
A Pedagogia de Projetos é uma forma otimista de imprimir mudanças significativas ao processo pedagógico da Matemática.
A Pedagogia de Projetos é um modo de organização da prática pedagógica que envolve os estudantes como co-autores de suas aprendizagens. De modo mais amplo, têm sido os projetos de trabalho, diz Veiga (2001), uma forma de gerar a autonomia da escola, através doprojeto político-pedagógico. Liberdade é um princípio constitucional, pondera, associado diretamente à autonomia e ambos são inerentes à prática pedagógica. “(...) liberdade para aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a arte e o saber direcionados para uma intencionalidade definida coletivamente” (Veiga, 2001, pp.19-20)
Diante de sua perspectiva participativa, colaborativa, prospectiva econtextualizada, o projeto pode ser considerado na Educação Matemática como uma perspectiva de viabilizar mudanças positivas e qualitativas no trato com o conhecimento matemático em via do exercício da cidadania.
“(...) Centrado em si mesmo, limitando-se à exploração de conteúdos meramente acadêmicos, de forma isolada, sem qualquer conexão entre seus próprios campos ou com outras áreas de conhecimento(...)” (BRASIL, 1997, p. 26), afirmam os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN que “o ensino [da Matemática] pouco tem contribuído para a formação integral do aluno, com vistas à conquista da cidadania.”, oferecendo como alternativa os trabalhos com projetos ”(...) Os projetos proporcionam contextos que geram a necessidade e a possibilidade de organizar os conteúdos de forma a lhes conferirsignificado. (...)”
Fiorentini e Lorenzato (2006, p. 9) consideram que o objeto de estudo da Educação Matemática “envolve as múltiplas relações e determinações entre ensino, aprendizagem e conhecimento matemático em um contexto sociocultural específico.”
Todos os pontos apresentados buscam ilustrar que a estreita relação entre realidade e Matemática escolar é factível, viável, a partir da Pedagogia deProjetos, sendo, portanto, objeto de estudo à Educação Matemática.
A riqueza da realidade é o ponto-chave da Pedagogia de Projetos à Educação Matemática. Para Jolibert (1994), esta alternativa promove à escola um alicerce no real e uma abertura às múltiplas relações com o exterior. Skovsmose (2000) alerta que as referências à vida real oferecem aos educandos meios para o estabelecimento dereflexões minuciosas acerca das operações matemáticas dentro da sociedade, tornando-os críticos, portanto, reflexivos, melhores preparados para a cidadania. Para tal, o próprio Skovsmose (2001) propõe o trabalho com projetos como condição ao exercício da democracia em sala de aula. Hernandez (1998) destaca também o aspecto colaborativo e a possibilidade de diálogo com outros projetos, afirmando que...
tracking img