Projeto integrador

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1568 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
A organização Mundial da Saúde (OMS) compreende o período da adolescência considerando como etapa da vida em que ocorrem várias mudanças biológicas sociais e mentais. Podemos comparar esta fase como a segunda década de vida dos seres humanos, estágio de vida que é compreendido entre os 10 aos 19 de idade, onde o período juvenil se estende aos 24 anos.
Podemos abordar que a saúde doadolescente é resultado de políticas públicas e sociais, sendo que o atendimento de saúde para esta população vem acompanhando de outros fatores como o nível de educação e desenvolvimento familiar dos indivíduos. Tal situação tem grande relevância na perspectiva de saúde dos adolescentes, sendo feita abordagem de temas como as doenças sexualmente transmissíveis, gravidez não desejada e o uso dedrogas ilícitas e não ilícitas como o etilismo e tabagismo (Ministério da Saúde, 2005).
Estes temas merecem ser discutidos com profundidade, pois são assuntos de suma importância, e, portanto, as estratégias a serem implantadas desenvolvem a elaboração de políticas educacionais, a busca da diminuição dos índices de prevalência desses casos a sexualidade deve ser desenvolvida com responsabilidade, estasituação reflete em um comportamento ético, prevenindo a gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis (ALTMANN H, 2007).
No Brasil o aparecimento de gravidez na adolescência está ligado á diversos fatores como abandono da escolarização, baixo nível socioeconômico, formação profissional precária e desestruturação familiar. Estudos realizados mostram que a questão da sexualidade ainda épouco discutida pelas famílias e órgãos sociais favorecendo os índice de gravidez e contaminação por doenças sexualmente transmissíveis (CABRAL, 2005).
Pelo cenário apresentado indica – se a desenvolver ações direcionadas para esta faixa etária, entre os quais temos a educação sexual e o incentivo do uso de contraceptivos (como a camisinha e pílulas anticoncepcionais), almejando assim diminuir oíndice de gravidez e contaminação na adolescência (ALTMANN H, 2007).
Discutir sobre sexualidade ainda envolve o questionamento no âmbito cultural de como a prática do sexo é concebida, embora devemos nos atentarmos a exacerbada sexualidade exibida pelos meios de comunicação, porém ainda existe um certo pudor quando se fala de inicio da vida sexual para as mulheres, (BERGUO,2000; BRANDÃO,2005,MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2006).
O modo como adolescentes brasileiras enfrentam as primeiras suspeitas de estarem grávidas está associado a duas situações: uma dependente do relacionamento prévio com os pais (da possibilidade de diálogo entre gerações e da atitude dos pais em relação a sexualidade) e outra do relacionamento existente entre os parceiros envolvidos (BRANDÃO et al, 2008).
O atendimentoineficaz dos serviços de saúde reprodutiva são aspectos relevantes nesse contexto, quando se pensa em prevenção, onde a família e a escola têm a devida importância em transmitir informações aos jovens onde nesta fase agir com responsabilidade e tomar decisões ainda é difícil. (PERES SO, HEILBORN ML, 2006 ).
Estudos brasileiros apontam que o apoio dos pais e a discussão sobre sexualidade fazem com queos jovens iniciem a vida sexual mais tarde.( PERES SO, 2006 CABRAL CS, 2005).
Diante da importância do enunciado, a publicação de estudos sobre saúde sexual e reprodutiva entre jovens e adolescentes tem aumentado nos últimos anos o que contribuiu para as políticas direcionadas ao problema em todo o mundo. ( MOCELLIN ANA, 2010).
Entretanto autores divergem sobre métodos e programas relacionados àcondução do problema, podendo haver desenvolvimento de toda a sociedade, não restringindo somente aos órgãos de saúde, havendo investimentos em ações voltadas aos planejamentos familiares sendo abordados em reuniões em ONGs, escolas e centros comunitários e em diversas faixas etárias. ( OSIS MJD, DUARTE GA, CRESPO ER, 2004).
Diferentes estratégias e intervenções têm sido abordadas e realizadas em...
tracking img