Projeto de literatura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2351 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO: Neste trabalho iremos através dos recursos teórico do livro de (NORMA GOLDSTEIN,) analisar as estrutura lírica de cada poema indicado, a partir daí, conhecer as emoções, os sentimentos, e os desejos ou pensamentos de que nascem ou apresentam ao espírito, ou seja , ao mundo interior do “EU” .
Mostra ao analisar o poema verso, ritmos e outros recursos. Para entender um poucomelhor o ritmo do poema e preciso entender os recursos que estão presentes na metrificação, segundo (NORMA GOLDESTEIN, pag.26) explica
“Trata-se da alternância entre duas
Silabas fracas e uma silaba forte,Numa adaptação da quantidade
Rítmica ao sistema acentual.”

Para entender e interpretar o poema e preciso , Lê-lo em voz alta e pausadamente. Assim surgirá uma possível compreensão. O trabalho também mostrará uma pequena biografia da vida do poeta (CARLOS DRUMMOND DE ANDRADADE) o mesmo nasceu emItabira, (MG) morou no Rio de Janeiro, onde teve residência fixa, vindo a falecer em 1987.
O caso do vestido: retrata a dor e o sofrimento de uma mulher ao ver seu marido, apaixonar por uma “ dona”.
O ÀPARO: fala de um inseto que cava, sem alarde, segundo analise trata-se dos políticos que enganam o povo e os deixa sem saída.
NO MEIO DO CAMINHO: fala sobre uma “pedra” quesimboliza os problemas e as dificuldade que enfrentamos no decorrer da vida.
Ao final de cada poema chegaremos a conclusão, que todos os poemas , de uma forma ,ou, de outra estão nos dizendo algo que está preso no “EU” de cada um.






INTRODUÇÃO




Neste trabalho serão analisados o poemas de Carlos Drummond de Andrade. O caso do vestido que se encontra nolivro (ROSA DO POVO, 1945,p171),
O poema ÁPARO , encontra-se no livro a (A ROSA DO POVO , 1945) , o terceiro poema ,NO MEIO DO CAMINHO, encontra-se no livro ALGUMA POESIA 1930, sendo o primeiro livro ,oficialmente lançado por Drummond,
E de suma importância para o discente e docente que ao relatar um poema , possa compreender a estrutura lírica.POEMAS DE CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE.


"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino".
( Paulo Freire )

VIDA E OBRA DE DRUMMOND


Segundo o poema de (ANDRADE,p.157 ,)

Caso do vestido
“Nossa mãe, oque e aquele
vestido, naquele prego?
Minhasfilhas, é o vestido
de uma dona que passou.
Passou quando, nossa mãe?
Era nossa conhecida?
Minhas filhas, boca presa.
Vosso pai evém chegando.

Nossa mãe, dizei depressa
que vestido é esse vestido.
Minhas filhas, mas o corpo
ficou frio e não o veste.
O vestido, nesse prego,
está morto, sossegado.
Nossa mãe, esse vestido
tanta renda, esse segredo!
Minhas filhas, escutai
palavras deminha boca.
Era uma dona de longe,
vosso pai enamorou-se.
E ficou tão transtornado,
se perdeu tanto de nós,
se afastou de toda vida,
se fechou, se devorou,

chorou no prato de carne,
bebeu, brigou, me bateu,
me deixou com vosso berço,
foi para a dona de longe,
mas a dona não ligou.
Em vão o pai implorou.
Dava apólice, fazenda,
dava carro, dava ouro,
beberia seu sobejo,
lamberiaseu sapato.
Mas a dona nem ligou.
Então vosso pai, irado,
me pediu que lhe pedisse,
a essa dona tão perversa,
que tivesse paciência
e fosse dormir com ele...
Nossa mãe, por que chorais?
Nosso lenço vos cedemos.
Minhas filhas, vosso pai
chega ao pátio. Disfarcemos.
Nossa mãe, não escutamos
pisar de pé no degrau.
Minhas filhas, procurei
aquela mulher do demo.
E lhe roguei que...
tracking img