Projeto: aposentados x jovens em empresas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1127 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
. MOTIVOS DO CRESCENTE NÚMERO DE APOSENTADOS NA ATIVA
Com a questão do aumento da expectativa de vida no Brasil, tem-se por consequência um aumento significativo de pessoas idosas, e a sociedade começa a repensar sobre aposentadoria e o que fazer após a mesma. Sobre essa ideia comenta Sá (2005), pessoas tendo uma maior expectativa de vida começam a questionar-se a respeito de alguns sonhosesquecidos como, um retornar a faculdade, ou ainda uma segunda profissão.
O avanço da ciência vem propiciando o aumento progressivo da longevidade e da expectativa de vida nas últimas décadas, proporcionando ao ser humano uma longevidade nunca antes atingida. É cada vez mais o número de pessoas que ultrapassam a idade de sessenta anos e, mais que isso atinge essa idade em boas condiçõesfísicas e mentais. E com o aumento da expectativa de vida, muitos pesquisadores têm se interessado pelo envelhecimento humano, ocasionando uma multiplicidade de opiniões e avaliações objetivas e subjetivas.
Outro fator que tem condicionado o aposentado a continuar no mercado de trabalho é o valor dos benefícios concedidos pelo INSS com o piso de 1 salário mínimo, causando diminuição do poderde compra, parte dos aposentados precisa continuar na ativa para complementar sua renda.
Como se vê todos esses fatores contribuiu para o crescente número de aposentados na ativa inclusive a saúde que é o primordial da permanência na vida ativa dos aposentados.



2.2. A ESCOLARIDADE DOS APOSENTADOS


Aparentemente a escolaridade parece crescer em importância na explicação dacontinuidade dos aposentados no mercado de trabalho, haja vista o crescimento na participação dos grupos de maior escolaridade entre ativos em contrapartida ao decréscimo dos menos escolarizados.
Tentei construir um modelo para a oferta de trabalho pós-aposentadoria, que explicasse em que medida escolaridade, idade e valor de benefício determinam à oferta de trabalho dessa população.Constatou-se que os aposentados com maiores chances de permanecerem ativos são os mais jovens, os mais escolarizados e os que recebem os menores valores de benefício do INSS (LIBERATO, 2003, p. 2).
O estudo abrangeu homens residentes em regiões urbanas e se valeu de dados de Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD) realizada entre 1981 e 2001. A análise mostra que, quanto mais jovem for oaposentado, maior a chance de ele ofertar seu trabalho, sobretudo no caso do trabalhador braçal, já que, ao envelhecer o indivíduo tende a perder força física e ficar impedido de desenvolver suas atividades.
Assim, se o aposentado está em idade mais avançada, a escolaridade torna-se crucial para ele continuar no mercado de trabalho, uma vez que as ocupações que requerem mais altaescolaridade não demandam tanto vigor físico. Cerca de 50% dos aposentados com ensino médio completo ou mais continua no mercado trabalho.
Ao analisar os níveis de escolaridade dos aposentados observa-se que grande parte dos funcionários aposentados da empresa possuem grau superior ou cursos técnicos o que prova as qualificações profissionais dessas pessoas, seus estudos completando ainda mais comas vantagens de suas experiências. As profissões intelectuais costumam ser mais bem remuneradas à medida que aumenta a experiência, e os altos salários acabam por tornar mais caro o preço do lazer. Por isso, muitos deles optam por trocar lazer pelo trabalho após se aposentar.
2.3. MOTIVOS QUE LEVAM AS EMPRESAS A OPTAREM PELA ADMISSÃO DE APOSENTADOS

Com a baixa qualificação dos jovens, asempresas estão demonstrando grande interesse na contratação de aposentados, além de trazer inúmeras vantagens para o empregador. Começaram a valorizar a capacidade de relacionamento e anos de trabalho em uma mesma função, levando em consideração o acúmulo de experiência em diversas situações rotineiras. Mas outros fatores colaboram para tais contratações: incentivos fiscais (Projeto de lei nº....
tracking img