Professores diferentes condutas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4345 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MODELOS DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DAS BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA  Noêmia Schoffen Prado Juliana de Abreu Resumo Analisa os modelos de organização e gestão das Bibliotecas Universitárias do Estado de Santa Catarina. O universo da pesquisa constituiu-se de dezenove bibliotecas universitárias, consultadas através de questionário. Os resultados apontam que a vinculaçãohierárquica é diversificada e que a maioria das Bibliotecas Universitárias estão estruturadas como Biblioteca Central Única. Os níveis de subordinação e de centralização e descentralização foram verificados, assim como o grau de representatividade das mesmas. A pesquisa mostra que na gestão de recursos financeiros e humanos, as Bibliotecas Universitárias participam efetivamente. Observa-se umaadministração participativa, através dos comitês/comissões e uma razoável importância dada aos aspectos relacionados à gestão da coleção e à avaliação dos serviços e produtos. Palavras-chave: Biblioteca Universitária – Santa Catarina – Modelos de organização – Administração de Bibliotecas 1INTRODUÇÃO As organizações que conseguem enxergar as necessidades de mudança estão demonstrando novasalternativas, buscando novos referenciais junto às empresas mais modernas. Esses novos referenciais direcionam para a ênfase na qualidade, para cliente, para a aprendizagem organizacional, para o capital intelectual, entre outros. Para Senge (1990), a distinção das organizações tradicionais e autoritárias das organizações de aprendizagem, está no domínio de certas disciplinas básicas, nas quais as pessoasexpandem continuamente sua capacidade de criar resultados que realmente desejam, onde surgem novos e

Este artigo é resultado do Projeto de Pesquisa de Iniciação Científica PROBIC/UDESC.


Rev. ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, v.10, n.1, p. 107-123, jan./dez. 2005

107

elevados padrões de raciocínio, a aspiração coletiva é libertada e as pessoas aprendem continuamente a aprender emgrupo. Etzioni apud Hall (1984), coloca que as organizações são unidades sociais deliberadamente constituídas e reconstruídas para buscar objetivos específicos. Sua estrutura organizacional compreende as distribuições, em diversos sentidos, das pessoas entre posições sociais que influenciam as relações de papel entre essas pessoas (BLAU apud HALL, 1984). A inquietação e a ansiedade decorrentes dasmudanças nos modelos organizacionais têm sido comuns, pois tais mudanças não são fáceis de serem atingidas. As organizações que lidam com a informação, como as Bibliotecas, necessitam, com urgência, enfrentar esse desafio, impulsionadas pelas inovações tecnológicas. Às suas funções tradicionais devem ser incorporadas novas funções, compatíveis com os novos paradigmas da informação. Novos papéisdevem ser assumidos pelas bibliotecas, o que afetará sua organização (ANDRADE et al., 1998). Às bibliotecas universitárias, especificamente, compete fornecer informações em níveis compatíveis com as necessidades dos usuários, como apoio imprescindível às atividades de ensino, pesquisa e extensão. Alguns estudos, como os de Silva (1981) e de Mercadante (1990), apontaram diversas deficiências queimpedem muitas Bibliotecas Universitárias de cumprir este importante papel. Silva (1981), traçando um panorama do planejamento de sistemas de bibliotecas universitárias, apontou as seguintes deficiências: - a não adoção de padrões/modelos ou critérios comuns de organização e prestação de serviços; - inexistência na maioria das instituições de regulamentos/regimentos aprovados que determinam aestrutura e a competência das bibliotecas; - falta de definição do espaço ocupado pela biblioteca junto à administração superior, inclusive sem delimitação da área de tomada de decisão; - inexistência de representação formal dos usuários nas programações do órgão, provocando distanciamento e inadequação de oferta e demanda de serviços. Mercadante (1990), em estudo realizado para o Programa Nacional de...
tracking img