Processos de alimentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 31 (7593 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]







[pic]






[pic]






JOSE RICARDO JOIAS 658722
LEANDRO RIVOLTA 658864
OSMAR NUSSI SANCHES 659471
EDSON FERRARI 659473
LEANDRO ALTEDA BODELASSE 643536
THIAGO RANGEL BARBERINI 640271
ESTEFAM TEIXEIRA DE SOUZA 658916
DOUGLAS CARLOS FRADIQUE 658915
AUGUSTO CESAR ANDRADE658925



















[pic]

Introdução


Uma coisa é certa, e todos concordam: sorvete é gostoso. Mesmo o imperador romano Nero, no século IV antes de cristo, era um adepto: costumava enviar soldados até as montanhas para conseguir neve - misturando sucos de frutas,neve e mel, Nero tinha um protótipo do que hoje chamamos de sorvetes.
Dentre as várias novidades trazidaspelo aventureiro Marco Pólo quando foi para a China, estavam várias receitas de sorvetes - e isto foi antes de 1300!
Embora hoje o sorvete possa ser encontrado em qualquer esquina e ainda em diversos sabores, ele na verdade é produzido por um grande fenômeno químico: diversas fases heterogêneas que, macroscopicamente, formam uma deliciosa massa homogênea e cremosa.
Neste trabalhoiremos desmistificar este processo de fabricação e o leitor também encontrará dados relevantes à história do sorvete e as principais estatísticas mundiais de produção e consumo.
Toda a Legislação brasileira que se refere ao produto e os cuidados básicos e sanitários exigidos por lei também são assuntos importantes e que foram incluídos neste trabalho.
O sorvete é um alimento congelado,refrescante e nutritivo, que pode ser
acondicionado e apresentado em diversos formatos.
As matérias-primas mais utilizadas pela indústria sorveteira são o leite, inclusive em pó e condensado, creme de leite, iogurte, açúcar, glicose, gemas de ovos frescos ou em pó, sucos e polpas de frutas ou frutas naturais, dentre outros. Os estabilizantes, os aromatizantes e os emulsificantes completam osprodutos que compõem a mistura para sorvetes.
O mercado brasileiro de sorvetes está dividido entre os produtos industrializados e os fabricados em escala artesanal. As formas mais comuns de apresentação dos sorvetes são:
• picolé ou gelado de frutas;
• produtos "leve para casa", acondicionados em caixas de isopor, latas,
tijolos e potes;
• massas, servidas em taças, copos ecasquinhas.
Apesar de ainda ser baixa a procura de sorvetes artesanais no Brasil, não se podem negar os esforços empreendidos pelos fabricantes na tentativa de expandir o hábito de seu consumo como produto alimentício. Os resultados têm sido satisfatórios e o sucesso de algumas pequenas sorveterias mostra que este ramo mantém uma boa perspectiva de crescimento.
Os fabricantes de sorvetes podemcriar inovações, para enfrentar a sazonalidade e equilibrar suas vendas, uma vez que, segundo dados do setor, 70% de sua receita são obtidos no período de verão.



[pic]
História do Sorvete


Pesquisas registraram que a história do sorvete remonta a 3.000 anos na china; uma mistura de neve com suco de frutas e mel, semelhante à que conhecemos em nossos dias como raspadinha.Documentos da época de Confúcio revelam a existência, naquele tempo, de depósitos de neve. Outras informações apontam o grande líder Alexandre, o
Grande, (356-323 A/C), como introdutor do sorvete na Europa, trazendo do Oriente, através do império que construiu unindo a Grécia com as culturas orientais, uma mistura de salada de frutas embebida em mel e resfriada em potes de barro guardados no fundo do chãocom a neve do inverno.
Atribui-se ao general Quintus Máximus Gurgeo, o preparo da primeira receita de sorvete. O Imperador Nero, cerca de 1900 anos atrás, mandava seus escravos às montanhas buscarem neve, que era utilizada para o congelamento do mel, polpa de frutas ou sucos. A partir dessa época não são encontradas novas menções ao sorvete. Mas, em 1292, Marcopolo retornou a Veneza, após...
tracking img