Problemas de recalque na orla de santos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (294 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Os problemas de recalque na construção civil na orla de santos.

Santos (SP) é uma cidade situada no litoral paulista que ganhou destaque no setor da construção civilpelos problemas ocasionados devido ao recalque do solo.
A orla da praia de Santos tem um solo argiloso que facilita o recalque, que é um rebaixamento de uma edificaçãodevido ao adensamento do solo.  O recalque numa construção qualquer ocorre após a passagem da água pelo interior do solo carregando consigo as partículas finas, criando vaziosque se movimentarão com o tempo ou por ação de cargas oriundas da obra.
Os problemas na Orla de santos poderiam ser evitados se um estudo do solo mais aprofundado, feitocom mais precisão fosse efetuado.

A cidade se tornou mundialmente conhecida pelos seus edifícios fora de prumo à beira mar. Isto ocorreu porque, na época de suaconstrução, utilizaram-se fundações rasas apoiadas a cerca de 8m de profundidade, onde se encontra um solo relativamente rígido (spt 8). Entretanto, cerca de 10m abaixo, encontra-seuma areia argilosa muito mole, cujo spt é 1/60, ou seja, o martelo dá uma batida e já penetra 60cm
Muitos edifícios foram construídos sobre sapatas, isto é, com fundaçãorasa. Em ambos os casos, ao longo dos anos a argila vai recalcando, o solo vai cedendo e os edifícios afundam. Há casos em que os prédios desceram mais de um metro em relaçãoao nível original. Os prédios mais novos utilizam estacas mais profundas, que vão buscar o solo mais duro a mais de 27m de profundidade.
Os edifícios ficaram tortosporque não afundaram por igual, pois um prédio faz pressão sobre a fundação do vizinho, e naquele local ambos afundam mais pois existe uma pressão maior sobre o sub-solo.
tracking img