Principais obras de durkheim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1293 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A sociologia origina-se do pensamento de alguns pensadores que procuram discutir a sociedade de seu tempo. Entre os franceses a maior expressão é Émile Durkheim, que procurou, de modo permanente, outorgar um caráter cientifico à sociologia, tendo como fonte tanto o pensamento de Saint-Simon como o de A. Comte.
A sociologia pode ser definida, segundo Durkheim , como a ciência das instituições, dasua gênese e do seu funcionamento, ou seja, toda crença todo comportamento instituído pela coletividade.
Émile Durkheim desenvolveu sua obra no período de grande crise na França , esse é um período em que a miséria e o desemprego andaram lado a lado com grande progresso tecnológico e a elevação da produção industrial na Europa o fortalecimento de associações e organizações dos trabalhadores bemcomo a eclosão de greve e o aguçamento das lutas sociais
A preocupação de Émile Durkheim será com a ordem social. Afinal a raiz de todos os males sociais de seu tempo se encontra numa fragilidade de moral contemporânea.
No estudo da vida social, uma das preocupações de Durkheim era avaliar qual método permitiria fazê-lo de maneira cientifica, superando as deficiências do senso comum. Eleestabelece regras para que os sociólogos devem seguir na observação dos fatos sociais. A primeira delas e a mais fundamental são considera-los como coisas. Daí seguem-se alguns corolários: afastar sistematicamente as prenoções; definir previamente os fenômenos tratados a partir dos caracteres exteriores que lhes são comuns; e considera-los, independentemente de suas manifestações individuais, demaneira mais objetiva possível.
O elemento básico para Durkheim é a integração social, onde aparece na sua obra através do conceito de solidariedade, que permite a articulação funcional de todos os elementos da realidade social. Tendo como principio explicativo a causação funcional.
Durkheim elaborou o conceito de solidariedade social e procurou mostrar como se constitui e se torna responsável pelacoesão entre os membros dos grupos, e de que maneira varia segundo o modelo de organização social. Para tanto, levou em conta a existência de maior ou menor divisão do trabalho. Na medida em que o individuo participa da vida social, supera-se a si mesmo.
A solidariedade pode ser orgânica ou mecânica, de acordo como o tipo de sociedade cuja coesão procuram garantir. A solidariedade é chamadamecânica quando liga diretamente o individuo à sociedade, sem nenhum intermediário. Constituindo-se de um conjunto mais ou menos organizado de crença e sentimentos comuns a todos os membros do grupo: é o chamado tipo coletivo. Durkheim utiliza-se da predominância de certas normas do direito como indicador da presença de um ou do outro tipo de solidariedade, já que esta, por ser um fenômeno moral,não pode ser diretamente observada. O direito é uma forma estável e preciso, e serve, portanto, de fator externo e objetivo que simboliza os elementos mais essenciais da solidariedade social.
A sociedade estava passando por vários problemas como a melancolia, a sensação de desamparo moral provocada pela desintegração social, desregramento social devido a qual as normas estão ausente ou perderamo respeito tornam-se causa de suicídio. Com tudo isso que estava acontecendo Durkheim sentiu a necessidade de uma nova moralidade que se desenvolvesse a uma velocidade semelhante aquela em que se dava o crescimento industrial e econômico de modo a controlar os afetos.
Os equívocos identificados por Durkheim nas interpretações utilitaristas a respeito das causas do estado doentio que se observavanas sociedades modernas levaram-no a enfatizar, em sua tese a divisão do trabalho social, a importância dos fatos morais na integração dos homens a vida coletiva.
Ele acreditava que a França encontrava-se mergulhada numa crise devido ao vazio provocado pelo desaparecimento dos valores e das instituições “protetoras” e envolventes do mundo feudal, como as corporações de ofícios. Conflitos e...
tracking img