Prevalencia de carcinoma in situ em mulher com neoplasia cervical intra-epitelial.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4308 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PREVALÊNCIA DE CARCINOMA IN SITU EM MULHERES COM NEOPLASIA CERVICAL INTRA-EPITELIAL ASSISTIDAS NO MUNICÍPIO DE CACOAL


Patricia Lopes de Freitas [1]
Suelen Araujo Leite [2]
Talita Yasmin Toledo [3]
Tânia RobertaPereira Furtado [4]

Resumo

O Câncer de colo do útero é uma das principais causas de morte no mundo, consolidando-se como um grave problema de saúde pública, ao mesmo tempo, é o câncer que apresenta maior potencial de prevenção e cura quando diagnosticado precocemente. No Brasil representa o segundo tipo de câncer mais freqüente entre as mulheres apresentando um alto índice, principalmente naregião Norte. A relevância do tema despertou o interesse na realização dessa pesquisa descritiva, transversal, com abordagem documental, de cunho quantitativo, a qual teve por objetivo avaliar a prevalência de carcinoma In Situ em mulheres com diagnóstico prévio de neoplasia cervical intra-epitelial de grau II e III assistidas no município de Cacoal, estado de Rondônia, no período de 2005 a 2009. Aamostra estudada foi de 156 mulheres assistidas no centro de saúde da Mulher com diagnóstico de NIC II e III que desenvolveram carcinoma In Situ, que constavam no livro de atendimento do profissional ginecologista. Os resultados revelaram que a média de idade das mulheres com NIC II e NIC III que apresentaram Carcinoma In Situ foi de 38 anos, a faixa etária de maior predominância foi de 25 a 33anos. A pesquisa demonstrou que, num total de 156 casos de NIC II e III, 38% apresentaram carcinoma In Situ; o índice de infecção pelo papiloma vírus humano (HPV) foi de 2,6%; a taxa de abandono do tratamento foi de 10%. Concluiu–se que, houve um acréscimo substancial na prevalência de Carcinoma In Situ entre os anos de 2005 e 2009, com aumento de mais de 100% dos casos. Este estudo pode servir deinstrumento de avaliação para os gestores do município, subsidiando um novo planejamento para os programas de prevenção do câncer do colo do útero.

Palavras- chave: Prevalência, Neoplasia intra-epitelial cervical, Carcinoma In Situ.


Abstract
Ouvir
Ler foneticamente
 
Dicionário - Ver dicionário detalhado


Cancer of the cervix is the second most common cancer among women having ahigh index in Brazil, mainly in the North, representing a major public health problem. The relevance of the topic sparked interest in carrying out this descriptive, cross-sectional documentary approach, focused on quantity, which aimed to assess the prevalence of carcinoma in situ in women with cervical intraepithelial neoplasia grade II and III assisted in Cacoal City, Rondonia state, in the period2005 to 2009. The sample was 156 women attended the Women's Health Center with a diagnosis of CIN II and III and carcinoma in situ in the book that contained the professional care gynecologist. The results revealed that the average age of women who had a prevalence of CIN II, CIN III and carcinoma in situ was 38 years, the predominant age group was 25 to 33 years. The research showed that a totalof 156 cases of CIN II and III, 38% had carcinoma in situ, the rate of HPV infection was 2.6%, the treatment dropout rate was 10%.It was concluded that there is a substantial increase in the prevalence of carcinoma in situ between the years 2005 and 2009, an increase of more than 100% of cases

Keywords: Prevalence, Cervical Intraepithelial Neoplasia, Carciona In Situ.



1. INTRODUÇÃOO câncer, hoje, é uma das principais causas de morte no mundo, consolidando-se cada vez mais, como um problema de saúde pública tanto nos países desenvolvidos como nos países em desenvolvimento. Ximenes Neto & Cunha (2006) ressaltam que a prevenção e detecção precoce, podem reduzir seus efeitos danosos.
O Câncer de colo do útero é o segundo tipo de câncer mais frequente entre as...
tracking img