Pre projeto economia solidaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4640 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
ESPECIALIZAÇÃO EM RESPONSABILIDADE SOCIAL SUSTENTÁVEL: PROJETOS


NATALÍ SANTOS SILVA













COOPERATIVismo E ECONOMIA SOLIDÁRIA
















Teixeira de Freitas
2012
NATALÍ SANTOS SILVA
















COOPERATIVismo E ECONOMIA SOLIDÁRIATrabalho apresentado ao Curso de Especialização em Responsabilidade social sustentável: projetos da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas Educação para o Meio Ambiente Sustentável, Educação, Consumo Consciente e Sustentabilidade e Educação, Valor, Trabalho e Renda.


Profs. Leliana Casagrande Luiz, Gleiton Luiz de Lima e Okçana Battini.Teixeira De Freitas

2012

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO .................................................................................................. 03


2. JUSTIFICATIVA ...............................................................................................06

3. OBJETIVOS.....................................................................................................08

3.1. OBJETIVO GERAL ........................................................................................08

3.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS ..........................................................................08


4. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA .......................................................................09

4.1. RECICLAGEM E DESENVOLVIMENTOSUSTENTÁVEL.............................09

4.2. COOPERATIVA E ECONOMIA SOLIDÁRIA ................................................13


REFERÊNCIAS ....................................................................................................19
































1. INTRODUÇÃO




A partir de 1930 – na Revolução Industrial no Brasil, asociedade vem passando por rápidas e profundas transformações - principalmente econômica. O modelo econômico do Neoliberalismo agrava as relações sociais, gera uma sociedade voltada exclusivamente para as relações de mercado, não se preocupando com suas conseqüências sociais; aumenta as taxas de desemprego, trabalho precário, crescimento da informalidade, enfim, transforma o mundo do trabalho, aumentandoa pobreza e a exclusão social.


Essa crise social e econômica forçou a sociedade a buscar novos horizontes e caminhos alternativos: as cooperativas. Estas visam atender as realidades locais de desenvolvimento e provocar um fenômeno que promovesse a alternativa de mudança em uma relação produtiva incapaz de absorver uma camada de trabalhadores à margem das exigências do mercado detrabalho e estarem extremamente ligadas ao desenvolvimento da comunidade em que se situam. É neste contexto que o cooperativismo populariza-se no meio urbano como possibilidade de organização dos menos favorecidos (SINGER, 2003). Um novo modo de produção também surge como alternativa: a economia solidária


Neste contexto, a economia solidária- denominada também de economiasocial, socioeconomia solidária, humanoeconomia, economia popular e solidária, economia de proximidade, economia de comunhão etc - têm emergido práticas de relações econômicas e sociais que, de imediato, propiciam a sobrevivência e a melhora da qualidade de vida de milhões de pessoas em diferentes partes do mundo.


O número de cooperativas vem crescendo exponencialmente. De 1990 até2008 o numero de cooperativas cresceu 207%, segundo a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB, 2009). Ainda de acordo os dados da OCB, em 2010 existiam 6.652 cooperativas e 298.182 empregados.


Neste trabalho será analisada cooperativa de reciclagem de lixo, que se trata de empreendimento que busca o desenvolvimento econômico, sustentável e solidário, visando a melhoria...
tracking img