Pratica simulada

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (464 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 34ª VARA DE FAMÍLIA DA COMARCA DE DO ESTADO DE SÃO PAULO, SP

Processo nº ------

JÚLIA, já qualificada, nos autos da Ação de Reconhecimentode União Estável, em observância ao despacho de folhas, vem por seu advogado infra assinado, apresentar

RÉPLICA

Com base nos fatos e fundamentos a seguir expostos:

DOS FATOS

Alegam, emsíntese, os requeridos que os fatos narrados pela autora carecem de verdade e, no longo arrazoado apresentado, tenta induzir este D. Juízo a erro, apontando uma série de inverdades.

Data máximavênia, nenhuma razão assiste aos Requeridos, visto que, as assertivas trazidas não condizem com a realidade fática, se encontrando totalmente invertidas e manipuladas, à vista dos documentos acostadospela Autora, consoante restará provado não só com a presente “réplica”, mas, se necessário for no decorrer da regular instrução da presente demanda, re-ratificando os termos do pedido inicial, devendo apresente demanda ser julgada procedente.

DOS FUNDAMENTOS

Aduziu os requeridos que o motivo do pedido seria juridicamente impossível, pois, Jonas ainda era casado com a mãe dos requerentes,quando falecera, o que inviabilizaria a declaração da união estável.
Ora, Excelência, para ser declarada a união estável, basta à separação de fato, conforme aduz o artigo 1723 § 1º CC/2002.
Ademais, osrequerentes, dizem que a autora não teria o interesse de agir, sob o argumento de Jonas não deixar pensão de qualquer origem e que ocorreu coisa julgada, pois, na ação possessória em que a autoramoveu, o juiz teria julgado desfavorável a ela, sob a fundamentação de que não teria ocorrido a união estável.
A requerente tem todo o interesse, para discutir pensão por morte e inventário do falecidoe no que concerne a esse juízo ele não é juízo competente para julgar a união estável, ele julga a ação possessória, então não é coisa julgada.
E teriam dito também que ocorreu litispendência,...
tracking img