Povos tchokwes angola

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1939 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Em tempos remotos os primeiros habitantes de Angola foram os bosquimanes, posteriormente, numerosas tribos banto afastaram os bosquimanes para o sul, ocuparam todo aquele território.
Actualmente a população de Angola é constituida na sua grande parte por povos de origem banto, Estes povos que durante 2 mil anos foram migrando para sul desde as regiões centrais esul do continente africano. Estes povos começcaram a chegar em Angola por volta do século XIII. Podemos assim considerar que todo conjunto cultural étnico de Angola actual é a expressão do posterior desenvolvimento da riquesa cultural criada pelos pelos banto numa serie de regiões.
Hoje, a população banto de Angola abrange cerca de 90 a 100 grupos etnolinguisticos. E neste trabalho em grupo deHistória abordaremos um destes grupos etnicos: Os tchokwes; Isto é: A sua origem, onde-se localizam estes povos, os seus estilos de vida, actividades de subsistência,a influência com outros povos e o encontro com os europeus.













Origem dos povos Tchokwés
Os Tchokwé são descendentes do império Lunda de Lueji a Nkondi, quando o grande império Lunda se dividiu no séculoXIX, reino fundado por povos bantu vindos da região sul da Nigeria; Quando ocorreu as guerras intestinais na Corte da Família Real do Império entre o século XIV, XV ou XVI e por causa do tabú da Soberana Lueji. O Reino dividiu-se em trés partes, dentre os quais o mais importante foi o reino Tchokwé.
Os Tchokwés chamados de quiocos pelos portugueses e badjok pelos vizinhos do Zaire (RepublicaDemocratica do Congo); São povos de origem banto com uma organização social matrilinear e constituindo a população de maior dimensão da area oriental de Angola.
Os tchokwés constituem um grupo antropológico altamente heterogeneo considerado como resultado de um tipo de negro fortemente influenciado por um tipo pigmoide. Alguns tchokwes aproximam-se do tipo etiopico do sul de Angola entre o kwanza eo Lwena.
Há muitos séculos atrás os Lundas e tchokwés tinham sido um povo só. Saíram do mesmo núcleo, a grande diferença é que os Lunda ficam no seu território desde sempre, os tchokwés transformam-se num grupo de extrema mobilidade que a partir do século XVI percorre todo o país.

Angola tem Tchokwés em quase todo o território. No final do século XIX os Tchokwés regressam ao seu territóriode origem, tomam, militarmente, o poder dos Lunda e absorveram as suas instituições.

Em 1885, ocorre a primeira invasão Tchokwé, que munidos de armas capturaram seis mil lundas, após Mussumba a capital do império, ter sido saqueada. dois anos depois, em Janeiro de 1887, ocorre uma nova invasão Tchokwé. Mussumba foi incendiada e os lunda ficaram sob domínio Tchokwé, até ao final do século XIX.Os Tchokwé estabeleceram então o seu próprio reino com a sua língua e costumes. Os chefes lundas e o povo continuaram a viver na região lunda porém diminuidos de poder.

Localização
A expansão dos Tchokwés levou-os para além das fronteiras de Angola, encontrando-se grandes núcleos na República Democrática do Congo e da Zâmbia.

Aspopulações desta etnia que habitam no Zaire e na Zambia são originarios de Angola resultado de grandes emigrações nos finais do século XIX e principios do século XX.

Os Tchokwés são o grupo etnolinguístico predominante do nordeste de Angola, tendo-se estabelecido, em finais do século XIX, nas províncias administrativas da Lunda-Norte, Lunda-Sul e Moxico, mas estendendo-se, posteriormente, até aointerior da provicia da Huila.

Este grupo apresenta poucas variantes linguísticas. Na província da Lunda-Norte predominam o lunda, o cokwe (kioku), o mataba, o kakongo ou badimba e o mai. Na província da Lunda-Sul: o Tchokwé (kioku). Em uma parte da província do Moxico: o lunda-lua-shinde, o lunda, o ndembo e o Tchokwé (kioku.

Actualmente os Tchokwés ocupam uma parte significativa do país...
tracking img