Positivismo - durkheim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1457 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Eder Vieira de Souza *
Nataly Angélica Rodrigues Diogo Martins **
Patrícia Martins da Silva Dias ***

POSITIVISMO E FATOS SOCIAIS EM DURKHEIM

Este ensaio tem por objetivo de análise o positivismo do ponto de vista de Durkheim. Com a finalidade de explicar este objetivo, uma questão centraldestaca-se: quais as razões que determinaram a criação do positivismo por Durkheim. Nesta perspectiva busca-se entender a trajetória deste pesquisador resgatando-a desde sua origem, que demarca sua tentativa de superar o senso comum, quando contrapõe as explicações dos fenômenos até o momento, pela psicologia e biologia. Desta forma, Durkheim caminha no sentido de elucidar a natureza dos fatos sociais,diferenciando-os dos fenômenos naturais.
Émile Durkheim foi um pensador e sociólogo francês, nascido em Épinal no final do século XIX. É considerado um dos pais da sociologia moderna e é amplamente reconhecido como um dos melhores teóricos do conceito da coesão social. Morreu em Paris em 1917 e foi um dos maiores estudiosos do Positivismo.
O positivismo surgiu na França no inicio do século XIX, edefende que o conhecimento científico é a única forma de conhecimento verdadeiro. Essa filosofia, que pusera os filósofos diante de uma realidade social a ser especulada, transformou-se, em Durkheim, numa real postura de experiência e conhecimento, centrada naqueles fatos que poderiam ser observados, medidos e relacionados através de dados coletados diretamente pelo cientista.
Durkheim procurou,para isso, estabelecer os limites e as diferenças entre a particularidade e a natureza dos acontecimentos filosóficos, históricos, psicológicos e sociológicos. Elaborou um conjunto coordenado de conceitos e de técnicas de pesquisa que, embora direcionados por princípios das ciências naturais, guiavam o cientista para o discernimento de um objeto de estudo próprio e dos meios adequados parainterpretá-lo.
Do ponto de vista teórico, a sociologia positivista foi configurada pela tentativa de seus formuladores, entre eles Durkheim, para se constituir seu objeto de pesquisa, pautar
____________________
*Estudante do curso de Serviço Social da PUC-GO, turma A01, 2º período: representante comercial. Trabalho realizado na disciplina Matrizes Teóricas do Serviço Social I, ministrado pela Prof.Dra. Darci Roldão de Carvalho Souza, 1º semestre de 2012.
**Estudante do curso de Serviço Social da PUC-GO, turma A01, 2º período. Trabalho realizado na disciplina de Matrizes Teóricas de Serviço Social I, ministrado pela Prof. Dra. Darci Roldão de Carvalho Souza, 1º semestre de 2012.
***Estudante do curso de Serviço Social da PUC-GO, turma A01, 2º período: assessora parlamentar. Trabalhorealizado na disciplina Matrizes Teóricas do Serviço Social I, ministrada pela Prof. Dra. Darci Roldão de Carvalho Souza, 1º semestre de 2012.

seus métodos e elaborar seus conceitos à luz das ciências naturais, procurando chegar à mesma objetividade e ao mesmo fim, nas formas de controle sobre os fenômenos sociais estudados, que aquelas estavam obtendo.
Durante sua trajetória, Durkheim contrapôs aexplicação sobre o suicídio tratando-o como fenômeno social, e não como fenômeno natural, como antes era concebido pela psicologia e pela medicina.
Mas seus estudos não pararam: foi possível superar questões explicadas pelo senso comum ao analisar sua vida e obra e pretende-se compreender o movimento que o autor iniciou e desenvolver sobre seu objeto de análise.
Suas convicções defendiam que osproblemas sociais vividos pela sociedade europeia eram de natureza moral e não de fundo econômico, e que estes sobrevinham devido à fragilidade decorrente de uma longa época de transição, que provinha desde o imperialismo europeu. Ele entendia que a sociedade predominaria sobre o indivíduo, uma vez que ela é que imporia a ele o conjunto das normas de conduta social.
As respostas para nossa...
tracking img