Pos-graduado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (497 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Casamento
A advogada Bruna Rinaldi esteve no Jornal Globo News e explicou que está mais fácil entrar com pedido de divórcio. Ela acrescenta que aumentou o número de uniões estáveis, o que explica adiminuição de casamentos formais, e destaca que ninguém é obrigado a ficar casado com ninguém.
Os dados do IBGE mostram que o percentual de pessoas que viviam unidas pelo casamento civil e religiosoem 2010 era de 42,9%, enquanto que em 2000, de 49,4%.

Divórcio
Nos últimos dez anos, o número de divórcios no Brasil quase dobrou, passando de 1,7%, em 2000, para 3,1% em 2010. Segundo análise doinstituto, no caso dos divórcios, a flexibilização da legislação colaborou para o aumento, o que já havia sido registrado anteriormente na pesquisa do Registro Civil, feita em 2011. Foi o queaconteceu, por exemplo, a partir de 2007, quando os divórcios puderam ser requeridos por vias administrativas, nos tabelionatos de notas, havendo consenso e inexistindo filhos menores de idade ou incapazes.Além disso, desde 2010 é possível requerer a dissolução do casamento a qualquer tempo, seja o divórcio de natureza consensual ou litigiosa.

Crianças criadas pelos avós
Dados do IBGE (InstitutoBrasileiro de Geografia e Estatística), mostra que, enquanto em 1991 cerca de 2,5 milhões de netos eram sustentados pelos avós, em 2000 este valor subiu para 4,2 milhões (2,3%). Segundo a pesquisa, paraos próximos anos, ele tende a aumentar ainda mais. O Norte do Brasil é a região com o maior percentual de crianças criadas longe das mães: 12%. No Nordeste são 10%; na região Centro-Oeste, 8%; no Sul,6,4%. O menor índice é no Sudeste: 6%.
A falta de dinheiro é uma das principais razões para que as mães se separem dos filhos, mas tem menos influência que outro problema: a gravidez precoce.Famílias complexas
Casais sem filhos e sem outros parentes, passou de 12% em 1980 para 15% em 2010.
Mães com filhos passou de 11,5% em 1980 para 15,3% em 2010.
Homens com filhos passou de 0,8% em...
tracking img