Portugues para concurso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 38 (9253 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
portugues
2.Adequação Conceitual - é adaptar ao conceito de algo;
3.Pertinência - que concerne;que é relativo a algo;pertencente a algo;
Relvância - que tem importância;que é necessário;
Articulado,ou Articulação - pronuncia clara sobre o que argumenta (fala,escreve);
4.Seleção Vocabular - separar palavras que sejam relevantes,importantes...etc.
6. MUDANÇAS NO ALFABETO
O alfabeto passa ater 26 letras. Foram reintroduzidas as letras k, w e y.
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
TREMA
Não se usa mais o trema (¨), agora o trema permanece apenas nas palavras estrangeiras e em suas derivadas. Exemplos: Müller, mülleriano.
MUDANÇAS NAS REGRAS DE ACENTUAÇÃO
1. Não se usa mais o acento dos ditongos (quando duas vogais estão juntas na mesma sílaba) abertos éi e ói daspalavras paroxítonas (palavras que têm acento tônico na penúltima sílaba-som mais forte).
Como era Como fica
bóia boia
Coréia Coreia
Atenção: essa regra é válida somente para palavras paroxítonas. Assim, continuam a ser acentuadas as palavras oxítonas terminadas em éis, éu, éus, ói, óis. Exemplos: papéis, herói, heróis, troféu, troféus.
2. Nas palavras paroxítonas, não se usa mais oacento no i e no u tônicos quando vierem depois de um ditongo.
Como era Como fica
cauíla cauila
feiúra feiura
Atenção: se a palavra for oxítona e o i ou o u estiverem em posição final (ou seguidos de s), o acento permanece. Exemplos: tuiuiú, tuiuiús, Piauí.

3. Não se usa mais o acento das palavras terminadas em êem e ôo(s).
Como era Como ficaabençôo abençoo
crêem (verbo crer) creem
lêem (verbo ler) leem
perdôo (verbo perdoar) perdoo
vêem (verbo ver) veem
zôo zoo
4. Não se usa mais o acento que diferenciava os pares pára/para, péla(s)/pela(s), pêlo(s)/pelo(s), pólo(s)/polo(s) epêra/pera.
Como era Como fica
Ele pára o carro. Ele para o carro.
Ele foi ao pólo Norte. Ele foi ao polo Norte.
Esse gato tem pêlos brancos. Esse gato tem pelos brancos.
Comi uma pêra. Comi uma pera.
Atenção:
• Permanece o acento diferencial em pôde/pode.
Pôde é a forma do passado do verbo poder (pretérito perfeito do indicativo), na 3ªpessoa do singular. Pode é a forma do presente do indicativo, na 3ª pessoa do singular.
Exemplo: Ontem, ele não pôde sair mais cedo, mas hoje ele pode.
• Permanece o acento diferencial em pôr/por. Pôr é verbo. Por é preposição.
Exemplo: Vou pôr o livro na estante que foi feita por mim.
• Permanecem os acentos que diferenciam o singular do plural dos verbos ter e vir, assim como de seus derivados(manter, deter, reter, conter, convir, intervir, advir etc.).
Exemplos:
Ele tem dois carros. / Eles têm dois carros.
Ele vem de Sorocaba. / Eles vêm de Sorocaba.
Ele mantém a palavra. / Eles mantêm a palavra.
Ele convém aos estudantes. / Eles convêm aos estudantes.
• É facultativo(opcional) o uso do acento circunflexo para diferenciar as palavras forma/fôrma. Em alguns casos, o uso do acento deixa afrase mais clara. Veja este exemplo: Qual é a forma da fôrma do bolo?
5. Não se usa mais o acento agudo no u tônico das formas (tu) arguis, (ele) argui, (eles) arguem, do presente do indicativo dos verbos arguir e redarguir.
6 . Há uma variação na pronúncia dos verbos terminados em guar, quar e quir, como aguar, averiguar, apaziguar, desaguar, enxaguar, obliquar, delinquir etc. Esses verbos admitemduas pronúncias em algumas formas do presente do indicativo, do presente do subjuntivo e também do imperativo.
Veja:
a) se forem pronunciadas com a ou i tônicos, essas formas devem ser acentuadas.
Exemplos:
* verbo enxaguar: enxáguo, enxáguas, enxágua, enxáguam; enxágue, enxágues, enxáguem.
* verbo delinquir: delínquo, delínques, delínque, delínquem; delínqua, delínquas, delínquam.
b) se...
tracking img