Porto de santos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 52 (12772 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PROTEP
PROGRAMA DE TREINAMENTO PORTUÁRIO.

CURSO BÁSICO DE SHIPPING.
Manual do aluno

1ª edição Santos 2005

1

INCATEP – Instituto De capacitação Técnica Portuária. CURSO BÁSICO DE SHIPPING

© 2005 Direitos reservados a Incatep ________ exemplares
INCATEP – Instituto De Capacitação Técnica Portuária. Rua Luis de Camões, 238 – Conj.12 – Vila Mathias – Santos – SP, 11015-400http://www.cmg.com.br/~incatep

incatep@cmg.com.br

Depósito legal na Biblioteca Nacional conforme Decreto nº 1825, de 20 de dezembro de 1907

IMPRESSO NO BRASIL / PRINTED IN BRAZIL

2

INTRODUÇÃO Se os prognósticos dos especialistas estiverem corretos e se as empresas não procurarem desesperadamente colaboradores qualificados nos próximos 50 anos, ate as organizações com melhor posiçãoestratégica serão alijadas do mercado que atuam.

Em escala global, o mundo empresarial esta diante de uma convergência de fatores demográficos, sociológicos, e organizacionais sem precedentes, exceto a que nos levou a era da informação, no inicio da década de 1960.

As habilidades exigidas um mercado globalizado e as implicações dessa escassez de qualificação torna-se ainda mais urgentes.

Poresta razão , contando com a experiência acumulada de vários profissionais especializados desenvolvemos o PROTEP – Programa de Treinamento Portuário.

Este curso básico de shipping tem por objetivo proporcionar ao aluno conhecimentos iniciais nas atividades de transporte comerciais maritimos.

3

INCATEP – Instituto De capacitação Técnica Portuária. CURSO BÁSICO DE SHIPPING

O Navio
ONAVIO ATRAVÉS DOS ANOS Não há traços das primeiras construções feitas pelos nossos ancestrais, mas eles devem ter construídos inicialmente balsas com o feito único de cruzar os rios. Centenas de milhares de anos passados, quando o homem aprendeu a fazer fogo, ele abriu cavidades em troncos por queima, e com ferramentas de pedra fez primitivos remos de madeira para impulsionar seus botes em vez deusar as mãos. A arte de manejar botes de tronco escavados (piroga) nunca foi extinta.

Diariamente sulcam as águas botes feitos pelos nativos da América do Sul, Austrália e África.

Reproduções antigas de navios foram encontradas em fragmentos de louças egípcias. Acredita-se terem 6.000 anos de idade, e os navios feitos de papiro, levando uma vela latina. Eles não eram duráveis de certo, elevaram milhares de anos antes dos últimos navios de madeira dos faraós deixarem o Rio Nilo e se aventurarem no Mediterrâneo. Estes navios não eram muito apropriados para o mar, porque seus bordos cobertos não eram amarrados às balizas e sim estaiados e seguros juntamente à proa e popa, através o navio, por cabos tesos. Mas, apesar disso, a frota mercante egípcia foi comercializar por toda a parte.

4 INCATEP – Instituto De capacitação Técnica Portuária. CURSO BÁSICO DE SHIPPING
Quando a Idade do Ouro Egípcia estava no fim e os fenícios tornavamse uma nação marítima líder, eles por seu turno, encontravam forte competição vinda dos gregos. No período aproximado de 700 a 300 anos A.Cos construtores de navios conseguiram tão elevados métodos de construção, sendo respeitados e imitados pormuitos séculos por muitas nações. Os navios gregos eram construídos com balizas e levavam uma vela redonda, mas sua principal propulsão era o músculo humano, cujos remadores compunham uma guarnição de 50 remos.

De qualquer maneira, o domínio dos mares continuou passando de uma nação para outra. Os romanos tomaram dos gregos, e seus navios mercantes singraram muitos oceanos, sendo protegidos poruma formidável frota de navios de guerra, alguns com mais de 66 metros de comprimento.

Depois da queda do Império Romano, as nações do Mediterrâneo perderam seu principal construtor naval, entregando as outras nações. Assim, do IX ao XI século D.C. as nações escandinavas construíram seus longos e graciosos navios “vinkings”, manejados por guerreiros que em suas incursões alcançavam à Itália....
tracking img