Portifolio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1494 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
















































































Organização do Espaço Educativo nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental I

Um dia alegre na escola


“A criança, no ambiente escolar, necessita de um espaço povoado de objetos que lhe proporcione aimaginação, criação, construção, interação, expressão de emoções, elaboração de conceitos e brincadeiras pedagógicas”.



Apoiando na criatividade X tecnologia, decidi enfrentar os desafios da moda, da onda e por que não dizer “do que está rolando”. Visto hoje que existe uma opção das crianças por tecnologia, sabendo da dificuldade de alguns alunos terem acesso a tais tipos de divertimentos,associando a sala de aula, resolvi investir aqui em uma aula especial que pudesse levar as crianças do segundo ano a experimentações de talvez algo que já conheçam, mas, que não brincam com seus colegas de escola em comum e para outros tantos que talvez nem chegaram perto de tais objetos. Sabendo que mesmo com o despreparo de alguns profissionais em se adaptarem com as modernidades, visto aqui umcomentário que guardo bem do nosso livro de apoio ao curso de pedagogia: “Partindo de uma premissa educacional, torna se evidente a mudança da perfil do profissional requerida para seu novo papel a ser desempenhado com a criança, não podendo mais se limitar á realização de cuidados físicos ou á preparação para o ensino posterior. Este novo perfil é confrontado com a diversidade de profissionaisencontrada nas instituições de educação infantil, exigindo ações de formação que levem em conta esta realidade, para uma mudança efetiva na qualidade do atendimento oferecido. Heterogênea e, na maioria das vezes, deficitária, essa formação vem se caracterizando como tema relevante nas discussões que acontecem na área e como principal alvo das políticas governamentais.” ( Organização e didática naeducação infantil.por Cassiana M. Raizer.) Norteando o assunto destacado como parte principal, o professor, que modela a condição da criação, da motivação e encanto para o aluno, cabendo ao profissional, mexer com as capacidades, dons e aptidão de cada aluno no seu particular, descobrir talentos,( mesmo a escola não sendo escola de artes, mesmo a escola não sendo escola de esportes em especial.)Pode aqui o professor planejar aulas tão interessantes que desenvolvam capacidades e reflitam em seus alunos o conhecimento simples do que vem a ser tais novidades para sua vida posterior.
...Eu usava música como um artifício para acalmar as crianças; quando a música terminava, já estava todo mundo ´dominado´[...] Em 1990 o educador Fuks fez referências a música como instrumento deapoio estudando a realidade muito presente nas escolas americanas e brasileiras. Del Bem e Hentschke(2003) também trazem informações sobre, como a música é vista e utilizada nas escolas. A investigação com três professores especialistas de música, demonstram a preocupação de inserir a música efetivamente nos currículos, por motivos que estão fora do contexto musical, isto é, ensinar música como meiode amenizar a agressividade, para ajudar na concentração, para disciplinar, acalmar, facilitar na aquisição de novos conhecimentos em outras disciplinas, como português e matemática etc.( Parte do livro; Ensino das artes e da música. Por: Rosely, Laura Célia, Klésia.)
A criação tem função cognitiva e que está ligado ao pensamento reflexivo. Então de acordo a afirmativa de torrance,sobre criatividade existe uma diferença entre criatividade e nível de inteligência. (torrance, 1976,p.22) Vendo deste ângulo o professor auxilia muito mais o aluno nas suas especificidades quando lança mão da criatividade, muito embora difícil tarefas nas escolas de baixa renda, mas não é necessário apenas materiais caros para aulas prazerosas, podem ser usados meios culturais ou até mesmo...
tracking img