Portifolio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1.) Assistir ao vídeo indicado: Ilha das Flores. Documentário Experimental. De Jorge Furtado. 1989. 13 minutos.
2.) Responder algumas perguntas com relação ao objetivo do filme:
a. Qual o propósitodo diretor ao avisar, antes do início da história:
b. Este filme não é ficção.
c. Esta não é a sua vida.
d. Deus não existe.
3.) O filme estabelece as razões na miséria? Quais são?
4.) Comentebrevemente (máximo de 5 linhas) a relação causa/consequência que o filme coloca acerca da miséria.
5.) Escrever um parágrafo de 6 linhas sobre o consumismo e suas consequências.
6.) De acordo com aConstituição, quais são os direitos dos moradores da Ilha das flores que estão sendo
negligenciados?
7.) Qual é a parcela da população brasileira que vive na miséria?
8.) O que IDH? (Índice dedesenvolvimento Humano)
9.) Qual a política atual voltada para a solução de problemas em relação à miséria do provo brasileiro?
10.) Na sua opinião, quais seriam as medidas efetivas que minimizariamessas questões? Qual o papel da educação
nesse processo?
(Respostas)
2° (a) Avisar a revolução do mundo como era da Plantação de tomates até a evolução do dinheiro , Que a senhoravende perfumes direto das ervas , Vai até o mercado e compra o tomate que o Japonês Plantou.
(b) Não Pois é real fato da vida que ocorreu e ocorre hoje em dia.
(c) Não Minha vida Pois hojedia através das revoluções no mundo Melhorou Para cada pessoa. Nem todas pois ainda tem miséria falta de emprego e as coisa tipo o tomates estão no preço absurdo ,antigamente não era assim o preçoera em conta por isso que todos viviam bem .
(d) Deus existe sim, as pessoas que não acreditam nele pois foi por causa dele que tudo isso aconteceu a revolução ocorreu , deus sempre acima de tudo.3° Sim, a miséria as pessoas sentia fome não tinha moradia, era pobre não tinha emprego. Chegarão o ponto de ir ao lixão para pegar algo que as pessoas já adquirirão.
4° Casos assim nunca vai...
tracking img