Politicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3096 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

Thiago Vinicius Tafarello RA: 1103059

Política Fiscal - tributação

Mantega descarta desoneração total para setor produtivo

Revista Exame 23/08/2011

Ministro disse que gostaria de poder realizar a proposta, mas que país não tem condições atualmente

Brasília - Provocado pelo senador Francisco Dornelles (PP-RJ) sobre se o melhor para o setor produtivo não seria adesoneração total da produção, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse hoje na audiência no Senado que a proposta é inviável. "Eu gostaria de ter essa condição, mas não chegamos ainda a essa condição, por isso fizemos a desoneração parcial", disse Mantega.
Conforme o ministro, seria arriscado promover uma ação desse tipo, pois ele seria a primeira pessoa a ser cobrada por um possível desequilíbriodas contas públicas. "Não podemos simplesmente desonerar a folha de pagamentos, pois o custo seria de R$ 95 bilhões", calculou. No Plano Brasil Maior, o governo anunciou desoneração da folha de pagamentos para móveis, calçados e têxtil (para 1,5% do faturamento) e de 2,5% no caso do setor de informática.
Mantega também ouviu de senadores que o governo nunca arrecadou tanto quanto atualmente. "Ogoverno nunca teve tanto dinheiro e nem tanta despesa. É proporcional", argumentou. Ele enfatizou, porém, que o aumento da arrecadação se dá pelo nível de atividade e de formalização da economia. "Por isso, temos tido espaço para desonerações", disse.
Comentário:
| |
||
| |
| |
||
| |
| |
||
| |
| |
||

Política Fiscal - gastos

Bolsas da Ásia sobem mesmo com corte de rating japonês

Revista Exame 23/08/2011

Investidores continuam a especular sobre um novo plano de ajuda do BC americano

São Paulo – As principais bolsas asiáticas operam em alta esta terça-feira, apesarde a agência de classificação de risco Moody’s ter rebaixado o rating do Japão. Há instantes, o índice Nikkei, da bolsa de Tóquio, operava em alta de 0,83%. Na Coreia do Sul, o Kospi avançava 0,63%. Em Hong Kong, o Hang Seng subia 1,99% e, na Austrália, o ASX se valorizava em 1,1%.
Os investidores continuam a especular sobre o anúncio de um novo pacote de estímulo econômico que poderia seranunciado pelo Banco Central americano (Federal Reserve) na sexta-feira. Nos EUA, o índice Dow Jones, o mais acompanhado em Wall Street, subiu 2,9%. O Nasdaq ganhou 4,3% e o S&P 500 terminou em alta de 3,4%. No Brasil, a bolsa avançou 2,5%.
A agência Moody’s reduziu a nota do Japão de Aa2 para Aa3, citando como justificativa o grande déficit orçamentário do país e as dívidas acumuladas pelo governo...
tracking img