Politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1746 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1.1 Conceito de Política
Política pode ser denominada como arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados.
A palavra tem origem nos tempos em que os gregos estavam organizados em cidades-estado chamadas "polis", nome do qual se derivaram palavras como "politiké" (política em geral) e "politikós" (dos cidadãos, pertencente aos cidadãos), que estenderam-se aolatim "politicus" e chegaram às línguas européias modernas através do francês "politique" que, em 1265 já era definida nesse idioma como "ciência do governo dos Estados".
De qualquer modo, inicialmente, a expressão política referia-se a tudo que é urbano, civil, público. O significado do termo, porém, expandiu-se graças à influência de uma obra do filósofo Aristóteles (384-322 a.C), intituladaPolítica. Nela, o filósofo desenvolveu o primeiro tratado sobre a natureza, funções e divisão do Estado - ou seja, o conjunto das instituições que controlam e administram um país - e sobre as várias formas de governo.

1.2 Conceito de Poder

O termo poder tem múltiplas definições e acepções. A palavra é usada para fazer referência à faculdade, facilidade ou potência para fazer algo. Opoder também implica ter mais força do que outra pessoa e vencê-la numa luta física ou numa discussão.
Refere-se ao domínio, império, faculdade e jurisdição que alguém tem para executar algo ou mandar. Desta forma, o poder está relacionado com o governo de um país ou com o instrumento onde consta a faculdade de um homem outorgar a outro para que, no seu lugar (na vez dele) e em suarepresentação, possa executar algo. O poder é, além do mais, uma posse ou a tendência de algo (por exemplo: “Já tenho os documentos em meu poder”).
A política define o poder como a capacidade de impor algo sem alternativa para a desobediência. O poder político, quando reconhecido como legítimo e sancionado como executor da ordem estabelecida, coincide com a autoridade, mas há poder político distintodesta e que até se lhe opõe, como acontece na revolução ou nas ditaduras.


Falar de Política é fácil, difícil é confiar nos políticos, uma vez que historicamente os nossos governantes de uma forma quase que geral nos trouxeram mais decepções do que prazeres. O quadro atual não é diferente, pois apesar da faze progressista do país, sempre tem havido os vergonhosos escândalos envolvendo ospolíticos, tendo em vista esta situação o foco do nosso trabalho é voltado basicamente para os candidatos ou pré-candidatos a governador e à eleição presidencial, é sobre isto que falaremos a seguir
Mesmo depois desta vasta explanação sobre os candidatos ou pré-candidatos políticos, não podemos confiar que as informações que eles nos apresentam sejam o suficiente para que possamosconfiar neles, devemos sempre pensar que isto é apenas a ponta do iceberg a coisa real mesmo está dentro de cada um deles e só se revelará após ganho a eleição, mas ainda assim é o que temos, então agora é só escolher o candidato através do voto, pois é nosso direito como cidadão e faz parte da política.

A POLÍTICA COMO VOCAÇÃO - MAX WEBER
QUE SENTIMENTO MOVE AS PESSOAS QUE SE ENTREGAM À POLÍTICA?• O DESEJ
• PODER = Capacidade de dirigir; capacidade de decidir >“a possibilidade de influir sobre os outros seres humanos”; > a “consciência de figurar entre aqueles que detêm nas mãos um elemento importante da história que se constrói”.
• As pessoas que se entregam à política e desejam o poder podem ter (e têm) objetivos, propósitos diferentes no que se refere ao que buscarão umavez alcançado o poder.
• “Qualquer homem que se entrega à política aspira ao poder – seja porque o considere como instrumento a serviço da consecução de outros fins, ideais ou egoístas, seja porque deseje o poder “pelo poder”, para gozar do sentimento de prestígio que só o poder confere”

• Para Weber > Política é:
• O esforço de influência exercido sobre a direção do Estado ou...
tracking img