Politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (327 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATOLICA DE SÃO PAULO
CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

ANDRESSA FREITAS FLORIANO
ISABELE CRISTHINE MIYAGUSIKU REIS
MANUELA NAPCHAN
RODRIGO VAZ DE ALMEIDASÃO PAULO
2011

AUTOR: HOBBES
Q.04 Qual a origem do poder político?

Uma vez que o direito natural, ou seja, a liberdade que cada homem tem para utilizar, como bem lhe aprouver, napreservação da sua vida, e a lei natural, regida pela razão que proíbe o ser humano de agir de forma a destruir sua própria vida ou privar-se dos meios necessários a sua preservação, são a condição humana parasua própria sobrevivência, torna-se necessário a guerra, como único meio de sobrevivência.
Assim, perdurando esse direito de cada um sobre todos os outros corpos humanos e não humanos, ninguémpoderá estar em segurança por longos tempos, mesmo que sejam efeituados contratos, equivalente à forma de transferência mútua de direitos, com outros homens. As palavras não são suficientes paragarantir o cumprimento desses, por conta das múltiplas paixões humanas, tais como a ambição, a avareza, a cólera e a existência da lei natural, quando os homens não sentem o temor de um poder coercitivo.Poder esse, representado pelo Estado Civil, que está sempre apto a coagir aos homens que violaram sua palavra, e então, por isso, obriga aos envolvidos a cumprir com sua parte do contrato.
Porisso, em razão desse temor constante da não sobrevivência e do não cumprimentos dos contratos, os homens introduziram a restrição a si mesmos e a própria liberdade natural, em prol da conservação egarantia de uma vida segura, garantida por um poder político coercitivo e capaz de manter a ordem. Ou seja, a vontade de abandonar a mísera condição de guerra, consequência necessária das paixõesnaturais do homens, levou aos homens a criarem um poder visível que fosse capaz de manter a todos em atitude de respeito, forçando-os, por temor à punição, a cumprir seus pactos e a observar as leis...
tracking img