Policarbonatos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3605 palavras )
  • Download(s) : 1
  • Publicado : 4 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
Centro de Ciências e Humanidades - CCH

CIÊNCIAS DOS MATERIAIS

“POLICARBONATOS”

Rafael Trindade TIA: 3075229-9

São Paulo 2011
ÍNDICE

Introdução ..................................................................... pág. 3

Histórico ..........................................................................pág. 6

Reações Químicas.........................................................pág. 10

Tipos de Policarbonatos ...............................................pág. 11

Moldagem ......................................................................pág. 12

Propriedades ................................................................ pág. 13

Trabalho e Instalação ..................................................pág. 15

Aplicações de policarbonatos de chapas planas ........pág. 16

Importância dos policarbonatos .................................pág. 17

Bibliografia ...................................................................pág. 18

Policarbonatos

Introdução

Os policarbonatos são um tipo particular de polímeros de cadeia longa, formados por grupos funcionaisunidos por grupos carbonato (-O-(C=O)-O-). São moldáveis quando aquecidos, sendo por isso chamados termoplásticos. Como tal, estes plásticos são muito usados atualmente na moderna manufatura industrial e no design. [pic]
A cadeia de policarbonato leva o seu nome a partir do carbonato de grupos em sua cadeia principal. É também conhecido como policarbonato de bisfenol A, uma vez que é feita apartir de bisfenol A e fosgênio. Sua fórmulacondensada é:
[pic]

Mantém a sua resistência ao impacto numa larga escala de temperaturas e mesmo em condições ambientais severas.

Suporta temperaturas desde os -50º até +135º e tem boas propriedades ópticas aliadas á alta resistência á exposição solar (radiações UV).

No passado bem distante a transparência era um sonho. queriamtransformar paredes densas, pesadas e opacas num limite sutil entre o dentro e o fora. Surgiu então o vidro -material de múltiplas utilizações na Construção Civil, presente em edificações desde da Idade Média. Muito utilizado na Europa, onde a luz natural não é tão abundante, como também nas regiões tropicais, seu emprego na construção permite a entrada de luz, criando assim ambientes claros e bonitos.Em vários países é possível verificar que na arquitetura a aplicação do vidro não se restringe a janelas, vitrais e portas.

Há também muita utilização do vidro em coberturas, porém o vidro apresenta algumas características em termos de resistência e praticidade que coíbem sua utilização em alguns projetos que buscam iluminação natural. Por exemplo, onde há possibilidade de chuva degranizo, furacão, vandalismo e outros impactos, deve-se trabalhar com vidros de maior espessura. Isto acarreta o uso de uma estrutura de apoio mais robusta, e um manuseio mais trabalhoso.

Quando se projeta uma cobertura curva em vidro, há a necessidade de confecção de moldes, as medidas devem ser muito exatas, pois não existe ajuste na obra. No futuro, havendo a quebra de uma peça, sua reposiçãoserá um enorme problema.

Se os arquitetos anteriores à década de 50 pudessem contar com a atual tecnologia e com os novos materiais, certamente hoje, no início do século 21, eles sonhariam menos e realizariam mais.

No século passado, a partir dos anos 50, iniciou-se na Europa e nos Estados Unidos o uso de materiais sintéticos para aplicação em várias áreas -e o material desenvolvido nessaépoca, que revolucionou o mercado da Construção Civil, foi o policarbonato.

Esse material relativamente novo é, na verdade, um dos mais avançados polímeros no campo dos plásticos, sendo considerado um plástico de engenharia, ou seja, um material que reúne características de resistência que o qualifica para aplicações de alta exigência.

Obtido através de ésteres de ácido carbônico, o...
tracking img