Poder politico no tocantins

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (768 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONTEXTO HISTÓRICO
O Segundo Reinado, na História do Brasil, é um período que, se computada a Regência (1831-1840), compreende 58 anos. O período iniciou-se a 23 de julho de 1840, com a declaraçãode maioridade de D. Pedro II, e teve o seu término em 15 de Novembro de 1889, quando o Império do Brasil foi derrubado pela Proclamação da República. Caso se considere apenas o governo pessoal de D.Pedro II (1840-1889), compreende 49 anos de duração.O Segundo Reinado foi uma época de grande progresso cultural e industrial, com o crescimento e a consolidação da nação brasileira como um paísindependente, e como importante membro entre as nações da América. Denota-se, nesta época, a solidificação do Exército e da Marinha, culminando na Guerra do Paraguai, em 1870, e mudanças profundas nasituação social, como a gradativa liberdade dos escravos negros e o incentivo de imigração para a força de trabalho brasileira.

O regime monárquico novamente consolidou-se com a ascensão de D. Pedro II. Afigura de D. Pedro II foi o eixo principal desse período. O prestígio internacional que o Brasil alcançou nessa época, e seu progressivo desenvolvimento social e econômico foram em grande partedevidos à firmeza com que D. Pedro II conduziu os destinos de nosso país.

Febre Amarela: Houve uma epidemia de febre amarela no Rio de Janeiro, matando muitas pessoas, e que se prolongou durante maisalguns anos. O início da prosa literária brasileira ocorreu no Romantismo. Com o gradual desenvolvimento de algumas cidade, sobretudo do Rio de Janeiro, a cidade da Corte, formou-se um público compostobasicamente de jovens da classe alta, cujo ócio permitia a leitura de romances e folhetins.

ROMANTISMO NO BRASIL

CONTEXTO HISTÓRICO-CULTURAL

O Romantismo brasileiro nasce das possibilidadesque surgem com a Independência política e suas conseqüências sócio-culturais: o novo público leitor, as instituições universitárias e, acima de tudo, o nacionalismo ufanista que varre o país, após...
tracking img