Pluralismo e liberdade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1099 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PLURALISMO

Em definição, refere-se a multiplicidade; o que não é único. É uma doutrina filosófica que não admite, no mundo, senão seres múltiplos e individuais.
Sistema político que se baseia na coexistência de grupamentos ou de organismos diferentes e independentes em matéria de administração ou de representação: pluralismo sindical, pluralismo partidário.
Pluralismo é um conceito quedefende a ideia de que a diversidade social e política é benéfica para a sociedade e que os grupos sociais, sejam religiosos, profissionais ou de minorias étnicas, devem desfrutar de autonomia.
O pluralismo asseguraria assim que o poder nas democracias liberais fosse exercido de forma distribuída devido à pressão de uma variedade de grupos com diferentes interesses ideológicos e econômicos, evitandoassim a dominação por uma elite e a formação de oligarquias.
Apesar do pluralismo ter se consolidado como uma visão da ciência política no início do século 20 a partir de um grupo de pensadores na Inglaterra, as raízes dessa ideia já apareciam nas preocupações com a questão da tolerância das diferenças nos trabalhos filosóficos de John Locke, John Milton e Immanuel Kant, entre outros filósofos.Ideias dos pensadores comunitaristas, como Charles Taylor e Michael Walzer, e o pensamento de Jürgen Habermas, que rejeitam o individualismo defendido pelo liberalismo, têm sustentado os principais conceitos do pluralismo contemporâneo. Do ponto de vista do poder político, os pluralistas acreditam que alguns aspectos negativos da sociedade industrial moderna podem ser superados com adescentralização administrativa e econômica.
No pluralismo cultural, os vários grupos étnicos mantêm a sua religião, tradições, costumes e estilos de vida, mas partilham outros aspetos com outros grupos étnicos, como por exemplo os negócios. No pluralismo estrutural os grupos mantêm as suas próprias estruturas e instituições sociais, como o sistema de ensino, igrejas e negócios, mas partilham algumas leis oureconhecem um mesmo governo.
Tipos de pluralismo: jurídico, político, religioso, entre outros.
O Pluralismo é decorrente do próprio regime democrático adotado por determinada nação. Nesses termos, a Constituição da República de 1988 adotou, em seu artigo 1º, inciso V, o Pluralismo Político como um de seus pilares fundamentais. Sendo assim, a Carta Constitucional brasileira procurou assegurarinstrumentos que possibilitem a convivência harmônica das diversas concepções sociais, em todos os âmbitos, como, por exemplo, o religioso, o filosófico ou o político.
É oportuno repetir aqui que essa convivência somente pode ser alcançada quando todos os grupos sociais, apesar de suas diferenças, tolerarem o posicionamento dos outros grupos e até mesmo dos indivíduos que não pertençam a nenhum dosgrupos já existentes.
Tanto é assim que diversos dispositivos constitucionais buscam proteger a concepção pluralista acima transcrita, tais como: artigo 5º, inciso IV - liberdade de pensamento; artigo 8º - liberdade de associação profissional ou sindical; artigo 17 - liberdade de criação, fusão, incorporação e extinção de partidos políticos; artigo 45 - proporcionalidade na composição da Câmarados Deputados; artigo 206, inciso III - pluralismo de idéias e concepções pedagógicas.
Assim, exemplos de pluralismo, são reivindicações por direitos, como por exemplo, a recente parada nacional dos professores em defesa de melhores salários e condições de trabalho. Isso é atitude pluralista, ou seja, defesa de ideias e ideais.


LIBERDADE
Liberdade, em filosofia, designa de uma maneiranegativa, a ausência de submissão, de servidão e de determinação, isto é, ela qualifica a independência do ser humano. De maneira positiva, liberdade é a autonomia e a espontaneidade de um sujeito racional. Isto é, ela qualifica e constitui a condição dos comportamentos humanos voluntários.
Não se trata de um conceito abstrato. É necessário observar que filósofos como Sartre e Schopenhauer buscam,...
tracking img