Plano estrategico de uma empresa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 34 (8386 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ÍNDICE

1. CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA

a) Nome, tipo de negócio, produtos, propriedade do capital,
localização física, espaço ocupado, faturamento, etc ; Pág. 03

b) Organograma geral e número de empregados ; Pág. 05

c) Histórico institucional ; Pág. 06

d) Visão, missão e objetivos empresariais; Pág. 15

e) Modelos de gestão adotados eanálise organizacional Pág. 15

2. PONTOS DE ANÁLISE DA ESTRATÉGIA EMPRESARIAL

a) Análise do ambiente Externo Geral:

• Econômico Pág. 19
• Sociocultural
• Demográfico
• Político-legal
• Tecnológico
• Global

b) Análise do Setor ou Industria: Pág. 23

• Poder de negociaçãode fornecedores
• Poder de negociação de clientes
• Ameaça de empresas entrantes
• Ameaça de produtos ou serviços substitutos
• Intensidade da rivalidade (concorrência)

c) Principais ameaças e oportunidades: Pág. 24

• Do ambiente Externo Geral
• Do Setor ou Indústria

d) Análisedo Ambiente Interno: Pág. 26

• Estratégia Competitiva Atual (diferenciação, liderança em custos e Enfoque) – Justificar
• Vantagens Competitivas Atuais (competências Essenciais; Tecnologias; Canais de distribuição; Localização, etc.) – Justificar.

3. CONCLUSÕES: PROPOSTAS DE AÇÕES ESTRATÉGICAS Pág. 27

• Parar lidar com as ameaças doambiente externo
• Para lidar com as oportunidades do ambiente externo
• Para lidar com as forças do ambiente interno
• Para lidar com as fraqueza do ambiente interno

INTRODUÇÃO

A trajetória da Sadia teve início em 7 de junho de 1944, há 60 anos, na cidade de Concórdia, oeste catarinense, nascia a Sadia, pelas mãos do fundador Attilio FranciscoXavier Fontana e mais 26 acionistas que assinaram, a ata de constituição da então denominada S.A. Indústria e Comércio Concórdia.

Tudo o que se tinha para começar era um moinho de trigo de baixa capacidade e as paredes de um frigorífico inacabado. A oferta de mão-de-obra era boa, com a migração de colonos gaúchos, a maioria descendente de imigrantes italianos, mas os trabalhadoresprecisavam ser treinados, além de alojados numa precária vila operária.
A matéria-prima era abundante, mas de pouca qualidade. Inexistia o fornecimento de água e o de energia elétrica era insuficiente e irregular. Não havia telefone e o único telégrafo era o da ferrovia. As estradas eram inviáveis. Os 80 quilômetros até Joaçaba podiam consumir um dia inteiro de viagem e os 40 até aestação ferroviária mais próxima, de Volta Grande, exigiam algumas horas - se tudo corresse bem e se não chovesse muito....

O abatedouro só começou a funcionar em 20 de novembro de 1944, com um pequeno abate de 30 suínos. O quadro de funcionários não passava de 50.

Nos anos quarenta, logo após assumir o negócio, Attilio Fontana batizou o empreendimento com o nome Sadia,tirando da razão social (S.A. Indústria e Comércio Concórdia) as duas primeiras letras - S A - e juntando-lhe a última sílaba de Concórdia, D I A.

Em 1945, com algumas novas máquinas, o moinho processava 24 toneladas de grão por dia e, em 1946, o abate de 100 suínos/dia possibilitava produzir banha, toucinho, carnes salgadas, pernil, presunto, salame, lombo e lingüiça. Em 1947, abriu-seuma filial comercial em São Paulo, mas as estradas ainda não ajudavam e somente em 1952 é que os produtos começaram a chegar no eixo São Paulo/Rio por avião. Tempo do slogan: "Pelo ar, para seu lar".

FATURAMENTO

Sessenta anos se passaram. Em 2003, a Sadia S.A. fechou o ano com um faturamento bruto de R$ 5,9 bilhões e um lucro de R$ 446,8 milhões. Sua receita de exportação - de...
tracking img