Plano de politica social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1604 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
a







































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4

3 CONCLUSÃO 9

REFERÊNCIAS 9

1 INTRODUÇÃO

O tempo é um fator decisivo na transformação da realidade, da sociedade e do próprio homem. A velhice surge, atualmente, como uma vitória sobre o tempo - tempo em que se transforma a longevidade.Nesse inicio de milênio muitos são os desafios para a construção de uma sociedade mais humana e igualitária; o fenômeno universal do envelhecimento das populações, decorrência do aumento do tempo de vida, tem colocado na ordem do dia a questão dos idosos. Embora a longevidade constitua uma notável conquista da ciência, todas as pessoas sensatas são unânimes em afirmar que mais importante do que ter aexistência prolongada é envelhecer com dignidade e qualidade de vida. É nesse contexto que se destacam as políticas sociais, que visam garantir e colocar em pratica os direitos dessa faixa etária que merece olhares atentos e específicos.

2 DESENVOLVIMENTO

Podemos entender as políticas sociais como uma política do Estado capitalista de controle da classe trabalhadora,inserindo-se na política de luta de classes, por seus direitos, obviamente. Na sua funcionalidade se apresentam como ajuda, benefícios sociais, solidariedade; nesse contexto podemos destacas as políticas setoriais, que focalizam suas ações a um determinado alvo e viabilizam meios a favor dos mesmos.
Dentro das políticas setoriais destaca-se a Política Social da Pessoa Idosa sendo mencionada eanalisada nesse momento.
A política pública de atenção ao idoso se relaciona com o desenvolvimento socioeconômico e cultural, bem como a ação reivindicatória dos momentos sociais. Passou a ter evoluções durante as décadas decorridas e esses direitos passaram a ser garantidas na Constituição de 1988, no Estatuto do Idoso, entre outros.
O Plano de Política Social queserá analisado é o PLANO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DO MUNICÍPIO DE CUNHA PORÃ, dando ênfase a política da Pessoa Idosa. É um plano de ação que ressalta medidas para colocar em pratica os direitos dos idosos no município.
As políticas envolvidas no Plano são as seguintes: LOAS, NOB-SUAS, CNAS, CMAS e estão todas relacionadas conforme envolvimento no plano. O Plano possui comoInstituição responsável o Conselho Municipal de Assistência Social do município.
O presente plano busca retratar a realidade de Cunha Porã, objetivando traçar ações para a efetivação da Política de Assistência Social do município no decorrer do período de 2010 a 2013.


O Plano de Política Social da Criança e do Adolescente do município de Tigrinhos apresenta coerência emseus aspectos, assim como a realidade socioeconômica do mesmo. Possui instrumentos de gestão que organiza, regula e norteia a execução da política de assistência social contemplando as prioridades das ações, serviços e projetos, bem como os benefícios a serem prestados na esfera do território local.
Possuem referência no documento norteador das ações, trazendo os indicadores sociais,a população alvo, maiores focos de pobreza, objetivo e metas a serem alcançados, bem como o financiamento da sistemática de avaliação dos programas, projetos, serviços e benefícios executados. Traz esses dados de forma clara.
Por se tratar de ações contempladas na política de assistência social de âmbito municipal, a sua legitimação deu-se através da discussão e posterior elaboração,com a participação de entidades sociais, devidamente aprovadas pelo conselho municipal de assistência social. O plano de assistência social procura contemplar as demandas do município de Cunha Porã.
Os órgãos gestores que organizaram foram os profissionais de Assistência Social, Secretaria Municipal de Saúde, setor social, conselho tutelar, conselho municipal de assistência...
tracking img